F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Compartilhe

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1986
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 13 Out 2016, 23:05


DEFESA DE LULA DEMONSTRA O ABSURDO DA NOVA AÇÃO





O ex-Presidente Lula é vítima de lawfare, que nada mais é do que uma guerra travada por meio da manipulação das leis para atingir alguém que foi eleito como inimigo político.

Uma das táticas de lawfare é o uso de acusações absurdas e sem provas.

É o que se verifica nessa denúncia ofertada pelo Ministério Público Federal, recebida hoje (13/10/2016) pela Justiça Federal de Brasília.

Nessa nova ação Lula é acusado pelo MPF de ter influenciado a concessão de linhas de crédito de R$ 7 bilhões para a Odebrecht e ter recebido, em contrapartida, um plano de saúde para seu irmão e a remuneração por duas palestras que ele comprovadamente fez – em valores que são iguais aos contratos relativos às demais palestras feitas pelo ex-Presidente a 41 grupos empresariais.

Lula jamais interferiu na concessão de qualquer financiamento do BNDES. Como é público e notório, as decisões tomadas por aquele banco são colegiadas e baseadas no trabalho técnico de um corpo qualificado de funcionários.

No prazo assinalado pelo juiz, será apresentada a defesa técnica em favor de Lula, que demonstrará a ausência dos requisitos legais necessários para o prosseguimento da ação e, ainda, que o ex-Presidente não praticou qualquer dos crimes imputados – sem qualquer prova – pelo MPF.


http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/260268/Defesa-de-Lula-demonstra-o-absurdo-da-nova-a%C3%A7%C3%A3o.htm

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1986
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 13 Out 2016, 23:30

PRISÃO DE LULA É O CLÍMAX DO REGIME DE EXCEÇÃO.

por Jeferson Miola, em seu Facebook


Jeferson MiolaA coluna Painel da Folha de São Paulo de 10/10/2016 publicou: “Um policial explica assim a multiplicação de investigações contra o ex-presidente: ‘Perdemos o medo’”.

A justificativa para caçar Lula não é a existência de provas concretas contra ele, mas a perda de temor e de pudor, pelos procuradores, juízes e policiais da Lava Jato, de condená-lo à revelia. Nada mais explícito sobre o regime de exceção jurídica, midiática e policial que se vive no Brasil.

O resultado da eleição de 2 de outubro encorajou os golpistas. O revés eleitoral do PT e da esquerda foi traduzido como sendo o fracasso da narrativa do golpe. O usurpador Michel Temer apressou-se em caracterizar o resultado da eleição como uma derrota da tese de golpe.

A leitura de que a urna diminuiu o tamanho da resistência democrática, turbinou a execução selvagem do plano golpista, de implodir o capítulo dos direitos sociais da Constituição, alienar a riqueza nacional e hipotecar o país.

Os golpistas têm pressa; não desperdiçam tempo político. Sabem que a ilegitimidade do governo usurpador encurta o prazo para conseguirem impor os retrocessos anti-povo e anti-nação. Precisam consolidar rapidamente a restauração neoliberal e o regresso da influência perniciosa do FMI e do Banco Mundial no Brasil.

Por isso, aceleram a agenda regressiva em matéria de direitos sociais e criam amarras institucionais, econômicas e financeiras de longo prazo, que convertem a eleição em mera formalidade.

Com o aprofundamento do golpe, nas próximas décadas a sociedade não será governada por governos eleitos, mas sim pelo deus-mercado, cujos interesses estão sendo gravados e protegidos na Constituição, acima da soberania e dos direitos do povo.

Em uma semana, a oligarquia golpista inviabilizou a Petrobrás e entregou a exploração do petróleo de águas ultra-profundas para petroleiras estrangeiras.

A riqueza do pré-sal, estimada em mais de 30 trilhões de dólares, é quase duas vezes o PIB dos EUA. A subtração desta renda interdita o futuro do Brasil, lesa o lucro da Petrobrás e sequestra os recursos previstos para ampliar o SUS [25%], a educação pública [75%] e o avanço civilizatório ao longo do século.

Os deputados da base golpista também aprovaram, em primeira votação, a PEC 241, que congela por 20 anos os gastos sociais para engordar sobremaneira os juros e a dívida, hoje equivalente a R$ 900 bilhões ao ano.

Em 10 anos de vigência da emenda constitucional da morte e do atraso, como é chamada esta PEC, mais de 1,5 trilhão de reais será desviado do SUS, da educação e dos programas sociais, para serem transferidos à especulação financeira.


Inebriado com este sucesso parlamentar momentâneo, o governo usurpador decidiu antecipar o ajuste neoliberal da Previdência.

E, além disso, prioriza a aprovação o Projeto de Lei nº 257/16, que condiciona a ajuda financeira a Estados e Municípios à eliminação de direitos do funcionalismo público, à promoção de arrocho salarial e ao desmonte de políticas públicas.

Com as medidas impopulares e cujos efeitos serão sentidos imediatamente, esta oligarquia colonizada dificilmente conseguirá vencer a eleição de 2018. Apesar disso, todavia, poderá continuar exercendo o poder real, porque já terá aprisionado o Estado com as reformas liberais-conservadoras do Estado de Direito e da Constituição.

As políticas que fazem o Brasil retroceder mais de 50 anos são operadas por um governo ilegítimo, reprovado por mais de 150 milhões de brasileiros, porém sustentado pela tropa montada no Congresso por Temer em sociedade com o gângster psicopata Eduardo Cunha.

Ao lado da modelagem neoliberal do Estado brasileiro, o regime de exceção aperta o passo para prender o ex-presidente Lula, à revelia do devido processo legal – afinal, admitem que “perderam o medo”. Os justiceiros já revelaram que na caçada do ex-presidente, provas são dispensáveis, bastam “convicções”.

A força-tarefa da Lava Jato e a mídia nem dissimulam: invalidam as delações que citam políticos do PMDB, PSDB, PP, PTB, PSD [Temer, Cunha, Aécio, Serra, Padilha, Gedel, Jucá etc] e induzem os delatores a incriminarem falsamente o Lula e políticos petistas.

A prisão do Lula será o clímax do regime de exceção. Com o resultado da eleição municipal, os golpistas se sentem autorizados a avançar o ataque aos direitos sociais, à democracia e à principal liderança popular do país.

Esta realidade fascista somente é viável com o posicionamento homogêneo da mídia – Globo à frente – para legitimar a atuação de procuradores, juízes e policiais que capturam o Estado e partidarizam o cargo e a função pública para perseguir e liquidar os adversários políticos.


http://contrapontopig.blogspot.com.br/

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Sex 14 Out 2016, 07:27

Esses blogueiros esquerdistas...

Enquanto esse petróleo estiver no subsolo, não será riqueza alguma. Só recurso.

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Sex 14 Out 2016, 07:27

O Eduardo Cunha é reu da Lava Jato. Gente desatualizada. Qual será o mimimi agora?

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1986
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5017
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Sex 14 Out 2016, 11:40


Promotores chamados de “3 patetas” pedem R$ 600 mil à Folha. Ou cala o bico ou abre o bolso…





Do site jurídico JOTA:

Os promotores de Justiça do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Henrique de Moraes Araújo, que denunciaram e pediram a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (http://jota.uol.com.br/mp-sp-pede-prisao-preventiva-de-lula), acionaram a Justiça contra o jornal Folha de S.Paulo, cobrando mais de meio milhão de reais (R$ 600 mil) por danos morais.(http://publicador.jota.info/wp-content/uploads/2016/10/a%C3%A7%C3%A3o-folha.pdf)

No dia 12 de março, a o jornal publicou uma reportagem assinada pelo jornalista Mario Cesar Carvalho, a qual, no primeiro parágrafo (lide), o jornalista escreveu: “A acusação é “um lixo”. Não são promotores, são “três patetas”. Deram um “tiro no pé”: vão ajudar o ex-presidente Lula com essa acusação tão simplória”.

No parágrafo seguinte, o jornalista explicou que as frases foram ditas por professores e especialistas de direito ouvidos pelo jornal. “Foi assim que a denúncia e o pedido de prisão do ex-presidente Lula foram avaliados”, escreveu Carvalho.

Esse é o trecho da reportagem que está sendo questionado pelos promotores. Segundo eles, na petição inicial, “o autor da matéria obviamente distribui ofensas a terceiros, qualificados como ‘professores de direito e especialistas’, mas não aponta quem teria dito o que”.

“É necessário lembrar o tamanho da humilhação sofrida pelos autores [promotores] ao serem ridicularizados através da matéria veiculada no periódico”, dizem os promotores na petição, assinada pelo advogado Paulo Rangel do Nascimento. “Os autores tiveram sua reputação, competência e seriedade de conduta levadas a descrédito de forma leviana.”

À época do oferecimento da denúncia, os promotores de Justiça foram amplamente criticados pela imprensa e por profissionais do Direito. Na reportagem questionada, há uma crítica do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso, afirmando que o pedido de prisão de Lula não cumpria os fundamentos exigidos pela lei.

Além disso, também há críticas na reportagem feitas por Gustavo Badaró, professor de Direito da Universidade de São Paulo (USP) e Heloísa Estelitta, professora da Fundação Getúlio Vargas São Paulo (FGV-SP).

As opiniões dos profissionais, no entanto, segundo os promotores, são “opinião externada sem agressão”.

“A crítica é tolerável, a ofensa não, especialmente quando há uma tentativa de desqualificação profissional”, dizem. “Não custa lembrar que ‘três patetas’ é óbvia alusão ao grupo cômico que fez sucesso entre os anos de 1922 e 1970 e que se popularizou por meio de séries e filmes. ‘Pateta’, ademais, é sinônimo de tolo e/ou maluco.”

Protocolada no dia 9 de setembro, a ação foi distribuída à 32ª Vara Cívil do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e será julgada pela juíza Priscilla Bittar Neves Netto. Do valor total, cada promotor quer receber R$ 200 mil.

Na última movimentação processual, datada de 12 de setembro, a magistrada recebeu a petição inicial e disse estar analisando o “momento oportuno análise da conveniência da audiência de conciliação”. Na inicial, os promotores não querem, no entanto, a conciliação.

Procurada pelo JOTA, a Folha de S.Paulo informou que ainda não foi notificada sobre a ação de indenização por danos morais movida pelos promotores.

Já o advogado dos promotores, Paulo Rangel do Nascimento, disse por e-mail, na terça-feira (11/10), que estaria submetendo “o pedido” de entrevista aos clientes e, tão logo que tivesse resposta, voltaria ao assunto, o que não aconteceu até a publicação desta reportagem.

Cassio Conserino e José Carlos Blat afirmaram que não iriam se manifestar sobre o assunto. A reportagem não conseguiu contato com Fernando Henrique de Moraes Araújo.

É assim: ou bate palmas, ou cala ou bico, ou abre o bolso, porque senão a corporação feroz pega você… E não precisa nem powerpoint.

http://www.tijolaco.com.br/

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Sex 14 Out 2016, 14:49

A esquerda queria também o monopolio da vitimização.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1986
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5017
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Sab 15 Out 2016, 14:26

Aqui está a palestra que o MPF alega que o Lula recebeu ($) mas não fez em 7 de maio de 2014 em Luanda - Angola.

https://soundcloud.com/institutolula/lula-em-angola-antes-35-tinha-que-ter-quase-tudo-e-o-resto-tinha-que-ser-pobre


Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Seg 17 Out 2016, 10:20

é só a defesa dele levar essas coisas no endereço abaixo:

Departamento de Polícia Federal, Endereço
R. Profa. Sandália Monzon, 210 - Santa Cândida, PR, 82640-040

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qui 20 Out 2016, 07:17

Edison escreveu:

E tem mais, o Cabrini do SBT fez uma longa entrevista com ela na casa dela.

Se realmente o juiz disse que não sabe o endereço dela, eu diria que é um juiz, no mínimo, mal informado.

E agora que prende o Cunha? O Moro já pode prender o Lula ou precisa prender mais alguém antes?

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1986
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5017
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 20 Out 2016, 11:06

Ô Chico, você tá dodói porque prenderam o Cunha? rsrsrs Parece.

Não se chateie, essa prisão do Cunha é só mais uma encenação para prenderem o Lula.

O Moro mandou bloquear R$ 220 milhões das contas do Cunha e não acharam nada nas contas.

"Me engana que eu gosto" dizia o samba. Deram todo o tempo do mundo para ele limpar e esconder tudo, se é que realmente ele tinha esse dinheiro.

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qui 20 Out 2016, 12:55

E qual o problema em prender o Lula se ele realmente for ladrão?

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1986
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5017
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 20 Out 2016, 13:30

Problema nenhum, mas tem que provar que é ladrão. Não basta ter convicção. Concorda?

O problema da justiça está sendo em provar. Apesar de todo empenho extraordinário tanto do MPF, PF, PJ, Globo, Folha, Estadão, IstoÉ, Época, Veja, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional, Jornal da Globo, colunistas globais, "vejais", etc. etc. etc., não estão conseguindo provar um crime.

Além disso, infelizmente a Lava Jato entrou de cabeça na políticagem e estão entrando em descrédito (insisto infelizmente) porque desviaram o foco inicial da operação, que era a derrubada do império da corrupção e focaram na derrubada do governo, na extinção do PT e como objetivo final a prisão do Lula.

E para tanto, não se importaram e nem se importam que o país caia num caos total. Usaram o Cunha o tempo necessário com conivência da justiça, inclusive do STF que montou uma pauta de acordo com o desenrolar dos acontecimentos políticos. Provocaram um baita desemprego com a desabilitação de empresas que estavam tocando obras monstruosas com milhares de trabalhadores empregados. A mídia, também golpista, derramou diuturnamente notícias e mais notícias mentirosas a respeito da economia, a respeito da relação negativa do executivo com o legislativo de forma sempre exagerada. A indústria de notícias ruins foi de tal monta que pelo menos um jornalista global reclamou e foi demitidos. Incutiram um pessimismo crônico na população sempre enfatizando que a culpa era da Dilma, do PT e do Lula.

As igrejas evangélicas entraram nessa neura e fizeram de seus púlpitos verdadeiros palanques políticos também sempre demonizando o PT, a Dilma, o Lula, a esquerda, Cuba, Russia, Chavez, etc., e a "crentaiada" está toda uriçada achando que é Deus que está nisso tudo.

Aqui neste fórum vi gente escrevendo o absurdo que as pessoas deveriam votar nos partidos de direita porque a direita é de Deus e a esquerda é do diabo. Um absurdo envolver Deus na política, inclusive colocando-O como militante de ideologia.

Engraçado que nenhum deles abre um tópico sobre a prisão do Cunha, aliás do irmão Cunha, o homem que numa manobra livrou várias igrejas de pendencias para com o fisco.

Só o RR Soares disse que sua igreja se livrou de R$ 600 milhões em multas. O irmão Eduardo Cunha, em nome de Jesus, nos livrou daquela cobrança esdrúxula, demoníaca, safada.
Veja vídeo:
http://www.tijolaco.com.br/blog/cunha-merece-o-dizimo-sobre-r-600-milhoes/

E agora o irmão está preso. Por causa do Nome de Jesus? Não. Por causa de corrupção, roubo, mal testemunho, etc.

Eu só quero que isso tudo passe logo e que o nosso país volte aos dias áureos de pujança e exemplo para o mundo como nos dias do presidente Lula (vixe, agora o Chico me xingou) rsrsrs




Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qui 20 Out 2016, 14:54

Edison escreveu:Problema nenhum, mas tem que provar que é ladrão. Não basta ter convicção. Concorda?



Com certeza. Concorda também que você andou lendo muito Brasil 247 e conversa fiada e que foi desses sites que você pegou essa frase?

Provas não faltam para prender Lula. É escancarado o esquema de ocultação de patrimônio, uso de laranjas, uso dos filhos, amigos, sobrinhos, etc para receber valores em seu lugar.

Oq parece é que o Sergio Moro pensa ter 1 bala de prata apenas e não pode errar o alvo, correndo o risco de alguem achar a minima brecha para safar o Lula com um habeas corpus.

Aqui neste fórum vi gente escrevendo o absurdo que as pessoas deveriam votar nos partidos de direita porque a direita é de Deus e a esquerda é do diabo. Um absurdo envolver Deus na política, inclusive colocando-O como militante de ideologia.

Sendo ateu, eu prefiro ser governado por um crentão que acredita na iniciativa privada e que queira reduzir o tamanho do estado, do que ser governado por um socialista ou comunista.

Considerando que os dois roubem ou que o crentão roube mais ainda, eu prefiro ainda o governo do crentão.

Comunista e ladrão não dá.

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1549
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3061
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qui 20 Out 2016, 15:37

Editorial do Estadão: Lula quer desmoralizar o Brasil

A até recentemente bem-sucedida trajetória política do ex-presidente foi alavancada pelo marketing. E é com o marketing que ele pretende sair da grossa enrascada em que se meteu


O herói faz agora o papel de vítima e é assim que doravante se apresentará na grande encenação para o público, daqui e do exterior, na qual o pérfido antagonista é a Justiça brasileira. Réu até agora em três processos que resultaram de investigações sobre corrupção – e na falta de sólidos argumentos de defesa –, Lula da Silva está armando um espetáculo circense para mostrar aos desavisados que o Mal cooptou a Justiça, que se empenha na missão abjeta de condenar um inocente, o homem “mais honesto do Brasil”, punindo-o pelo crime de governar para os pobres.
A politização dos processos judiciais em que Lula está envolvido como réu ou apenas investigado faz parte da estratégia concebida pelo lulopetismo, com a assessoria de uma chusma de advogados, para desviar a atenção da opinião pública das fortes evidências de envolvimento do ex-presidente da República e sua família numa série de episódios suspeitos nos quais se teriam beneficiado de tráfico de influência, de recebimento de vantagens materiais e financeiras indevidas ou pura e simplesmente de propina. Essa estratégia envolve também a tentativa de envolvimento dos brasileiros que ainda apoiam o ex-presidente num clima emocional alimentado por fantasiosas notícias sobre a iminente prisão de Lula. Na última segunda-feira, por exemplo, algumas dezenas de pessoas, munidas de farto material de propaganda impresso, postaram-se diante do apartamento de Lula em São Bernardo para uma “vigília cívica” contra a “ameaça iminente” da prisão do ex-presidente.

No dia seguinte, a Folha de S.Paulo publicou artigo assinado por Lula com o sugestivo título Por que querem me condenar. Começa por afirmar que, desde que ingressou na vida pública sua vida pessoal foi “permanentemente vasculhada”, mas “jamais encontraram um ato desonesto de minha parte”. Acrescenta: “Não posso me calar, porém, diante dos abusos cometidos por agentes do Estado que usam a lei como instrumento de perseguição política”. E explica: “Não é o Lula que pretendem condenar: é o projeto político que represento junto com milhões de brasileiros”. E conclui, dramaticamente: “O que me preocupa, e a todos os democratas, são as contínuas violações ao Estado de Direito”.

Os advogados de Lula, que tentaram em vão, várias vezes, contestar a autoridade e isenção dos magistrados responsáveis por processo em que o ex-presidente está envolvido, voltaram à carga interpelando o desembargador Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, relator dos recursos da Lava Jato, a quem acusam de ter “amizade íntima” com o juiz Sergio Moro. Segundo o ex-ministro Gilberto Carvalho, fiel escudeiro de Lula, essa nova iniciativa obedece “à ordem de não ficar calado”, num processo permanente de “questionamento” de tudo o que já foi ou vier a ser levantado contra Lula.
A até recentemente bem-sucedida trajetória política de Lula foi alavancada pelo marketing. E é com o marketing que ele pretende sair da grossa enrascada em que se meteu. Sem ter elementos concretos e convincentes de defesa, apresenta-se como vítima dos “inimigos do povo”.

Os acontecimentos desta semana revelam, portanto, que se pode esperar daqui para a frente a intensificação e maior contundência da contraofensiva lulista nas áreas judicial e popular. Pode até haver quem entenda que a prisão de Lula poderia favorecer a “causa”, na medida em que criaria uma “enorme comoção nacional” manipulável em benefício dos “interesses populares”. Quem conhece bem o ex-presidente sabe que esse tipo de sacrifício jamais lhe passaria pela cabeça. É claro, portanto, que a estratégia lulista contempla também a necessidade de manter formadores de opinião e detentores do poder considerados confiáveis no exterior providos de argumentos políticos que sejam úteis para a eventualidade de que se torne premente a necessidade de preservar a liberdade de Lula. Ou seja, condenado aqui, procuraria refúgio em regime amigo, apresentando-se, assim, como exilado político.

O homem está disposto a pagar qualquer preço por todas essas precauções. Inclusive o de tentar desmoralizar a Justiça e de apresentar o Brasil, aos olhos da opinião pública mundial, como uma reles ditadura. Mas esse ato de desespero lhe será cobrado pela consciência cívica do País.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1986
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5017
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 20 Out 2016, 15:43

E entre um ladrão crente e um ladrão ateu o que você prefere?

Chico, deixa eu te falar uma coisa; O comunismo não está morto. O comunismo será usado, por Deus, para flagelar a grande prostituta. Querendo você ou não isso acontecerá.
Eu particularmente sou contra o comunismo. Totalmente contra, até porque o comunismo prega o ateísmo, você sabe disso.

Eu, apesar de leigo, aprecio o socialismo, em cujos países o cidadão tem absoluto direito ao que quiser, onde transporte, saúde, educação, seja totalmente público em resposta a carga tributária que pagam em torno de 50%.



avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 777
Idade : 53
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 15
Pontos de participação : 1534
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Adauto em Qui 20 Out 2016, 16:51

Chico, deixa eu te falar uma coisa; O comunismo não está morto. O comunismo será usado, por Deus, para flagelar a grande prostituta.

Inacreditável!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1986
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5017
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Sab 22 Out 2016, 09:16

A quebra de protocolo da prisão de Cunha é gritante e merece explicação.
Por Kiko Nogueira




Das estranhezas da prisão de Eduardo Cunha, a mais gritante é a quebra de protocolo com relação às anteriores, supondo-se que haja um protocolo.

Primeiro, não há um apelido genial. Operação Malparido, digamos.

Não houve vazamento para a imprensa preparar o show. Não havia equipes de TV com câmeras.

Num despacho, Sérgio Moro determinou que “não deve ser utilizada algema, salvo se, na ocasião, evidenciado risco concreto e imediato à autoridade policial”.

Continua: “Consigne-se que, tanto quanto possível, não se deve permitir a filmagem ou a fotografia do preso durante a efetivação da prisão e deslocamento”.

Cunha não foi eternizado algemado com as mãos para trás, como aconteceu anteriormente. Segundo o criminalista Paulo Sérgio Leite Fernandes, a finalidade dessa prática é impedir o cidadão de cobrir o rosto, o sinal mais instintivo de vergonha.

Cunha estava no apartamento funcional da Câmara, que ainda está ocupando, apesar de ele ter perdido o mandato. Foi em torno das 13h — e não às costumeiras 6h da manhã.

Seu advogado estava com ele no momento. A malinha pronta. Ao chegar a Curitiba, os jornalistas foram autorizados a filmar a passagem do carro da PF e só.

A costumeira coletiva de imprensa em que procuradores brilham diante de perguntas feitas para levantar sua bola não ocorreu.

O Jornal Nacional dedicou em torno de 7 minutos para o caso, espremidos entre uma “reportagem” sobre a triunfal viagem de Michel Temer ao Japão e mais alguma irrelevância.

No dia seguinte, depois de passar pelo IML, Cunha reclamou que “é uma decisão absurda”.

A Lava Jato deve uma explicação para a diferença de tratamento. Que nunca será dada. Mas ficamos combinados que a imparcialidade está acima de qualquer suspeita.


http://www.diariodocentrodomundo.com.br/

Conteúdo patrocinado

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qua 24 Maio 2017, 14:42