F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Compartilhe

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1575
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qua 19 Abr 2017, 09:18


Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1575
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qua 19 Abr 2017, 09:21

O mais engraçado na esquerda atual é essa ânsia de provar que são apenas tão bandidos e safados quanto os outros.

Outro ponto interessante é a mudança repentina de opinião (hipocrisia): "A Lava Jato só investiga o Lula! Quero ver prender o Cunha!" prendem o Cunha: "A Lava Jato só investiga o Lula!" Aparecem denuncias contra o Aecio: "A Lava Jato é legal!".

kkk

Esse pessoal que tem bandido de estimação é muito engraçado.

Max Sensi
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 32
Cidade/Estado : Rio de Janeiro/RJ
Religião : Evangélico
Igreja : IEAD
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 529
Data de inscrição : 07/10/2013

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Max Sensi em Qua 19 Abr 2017, 10:07

Chico Costa escreveu:Pode ser verdadeira. O povo brasileiro tem a cara dessa pesquisa.

Não. É muito óbvio que essa pesquisa é fajuta. Primeiro que nenhuma pesquisa séria diz isso e muito menos diz que Alckmin e Aécio tem uma pontuação maior que o Doria.

Perceba aqui que até essa pesquisa (acabou de sair), que é meia boca, que nem é um ibope ou datafolha ou paraná pesquisa não indica essa pontuação falsa da CUT:







http://www.poder360.com.br/pesquisas/joao-doria-vai-a-13-desidrata-bolsonaro-e-e-o-tucano-mais-forte-em-2018/

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qua 19 Abr 2017, 13:00



CUT/VOX POPULI: Cai interesse pela Lava Jato

Pesquisa CUT/Vox Populi mostra que está caindo o interesse dos brasileiros pela Operação Lava Jato e aumentando o percentual de pessoas que acham que Lula e os petistas são perseguidos pelos procuradores.

Entre novembro de 2015 e abril deste ano, caiu de 44% para 25% o percentual de brasileiros que se interessavam muito pela Lava Jato no inicio e continuam muito interessados.

O percentual dos que se interessavam muito, mas agora acompanham com pouco interesse ficou estável, variou de 19% para 18%, no mesmo período.

E o percentual dos que nunca tiveram interesse aumentou de 13% para 22%.

Depois de três anos de manchetes sensacionalistas, vazamentos seletivos, muita distorção e perseguição a Lula, os brasileiros começam a perder o interesse pela Operação Lava Jato.

Para Marcos Coimbra, diretor do Vox Populi, os teóricos e estudiosos da comunicação de massas, que acreditavam ser mais fácil manipular aqueles que se informam apenas por meio da mídia tradicional – jornais e revistas, televisão e rádio –, precisam revisar seus conceitos. “Hoje, com as redes sociais e os blogues progressistas, as pessoas se informam por meio de diversas fontes. Enganam-se aqueles que acham que podem manipular a notícia como no passado”.

Segundo ele, o povo começa a perceber a manipulação, o espetáculo midiático, o excesso de notícias e tratamento diferenciado dado aos políticos delatados na Operação lava Jato.


Lula não é culpado e procuradores não são isentos nem justos

Caiu de 55% para 49%, entre dezembro do ano passado e abril deste ano, o percentual de brasileiros que acham que Lula é culpado;

Aumentou de 28% para 34% os que acham que Lula NÃO é culpado. Apenas 17% não responderam.

Mais pessoas também estão tendo a percepção de que os procuradores atacam mais Lula e os petistas e de que não são justos: de 37% em dezembro para 42% em abril.

Até entre os que consideram os procuradores justos, que tratam todos os políticos da mesma maneira, a adesão aos métodos da Lava Jato vem caindo: Em dezembro, 51% acreditavam na justiça e isenção da Força Tarefa, em abril eram 45%.

Mais brasileiros querem que procuradores provem antes de acusar

Para 68%, os procuradores erraram ao acusar o ex-presidente sem provar que ele cometeu algum crime. É importante destacar que 92% dos entrevistados ficaram sabendo que Lula foi indiciado pelos procuradores da Lava Jato.

Mesmo entre os que acham certo acusar Lula sem provas está caindo a aprovação ao modo de atuar da Força Tarefa da Lava Jato: em dezembro 30% aprovavam a injustiça. Em abril, o percentual caiu para 28%.

A pesquisa CUT-VOX POPULI entrevistou 2000 pessoas, em 118 municípios brasileiros. A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%. Foram ouvidas pessoas com mais de 16 anos, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os Estados e do Distrito Federal, em capitais, Regiões Metropolitanas e no interior.


www.conversaafiada.com.br
avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 784
Idade : 53
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 15
Pontos de participação : 1547
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Adauto em Qua 19 Abr 2017, 14:09

Segundo ele, o povo começa a perceber a manipulação, o espetáculo midiático, o excesso de notícias e tratamento diferenciado dado aos políticos delatados na Operação lava Jato.

Lula não é culpado e procuradores não são isentos nem justos

Você defende isso, Edson?

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qua 19 Abr 2017, 15:23

Defendo que Lula não é culpado na proporção que a grande mídia tenta nos impor e que os procuradores também não são isentos e justos na proporção que a mesma grande mídia nos quer impor.

O povo precisa captar os interesses que estão por detrás da lava jato, da força tarefa, da politização do judiciário, da polícia federal, do desmonte da Petrobrás, da industria naval, da engenharia brasileira, da eliminação de programas e verbas destinados à educação e saúde, do confronto entre os poderes da república, enfim a este caos para onde caminha o país.
A quem interessa frear o arranque econômico e democrático que o país trilhou nos últimos 15/20 anos? A quem interessa fragilizar o país para traze-lo ao patamar de submissão em que ele sempre esteve perante os países ricos?
Que lava jato e força tarefa é essa que quer quebrar o país?
Quebre os corruptos, os políticos e empresários/banqueiros/rentistas de paraísos fiscais/doleiros indutores de corrupção, etc. Punam, as pessoas responsáveis mas mantenham em pé as empresas e os empregados trabalhando pois eles, como nós, são vítimas desses corruptos.

Só foi dar uma pequena oportunidade para o brasileiro nos últimos 15 anos e ele mostrou ao mundo que ele é e do que ele é capaz.
Agora, a quem interessa trazer o pessimismo, o espírito de vira latas, o espírito de vassalo, o espírito de senzala, o espírito de ter vergonha de ser brasileiro que estava sendo exorcizado da população?

Estou fora dessa discussãozinha idiota, pobre, inócua, baixa e rasteira de achar que o petista é isso, que o tucano é aquilo, que a direita é isso, que a esquerda é aquilo............

Temos de pensar no país, nas famílias que compõem este país, nos trabalhadores, nos empresários, nos estudantes, nas classes sociais diversas, no bem estar para todos e principalmente na defesa da nossa nação.

A quem interessa mergulhar o país num desemprego descomunal, deixar pais de família desesperados para depois lhe oferecer um emprego terceirizado para trabalhar 12 horas por dia, com até 1 ano de experiência, sem férias, sem 13o salário, sem participação no lucro das empresas, sem convenio médico, sem benefício social nenhum, etc. etc. etc ???
É lógico que o pai de família desesperado vai aceitar isso. Esse é o jogo.

O jogo é trazer o FMI para ditar as regras e faturar juros em cima de nós.

Será difícil parar um pouco para enxergar isso?

Estão privatizando tudo. O Parente disse em Porto Alegre estes dias que ele é presidente da Petrobras e que a Petrobras não tem nada com programas sociais e que ele está lá para atender ao mercado e aos acionistas da Petrobrás.
Que raio de brasileiro é uma tranqueira dessa?





avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 784
Idade : 53
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 15
Pontos de participação : 1547
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Adauto em Qua 19 Abr 2017, 15:27

Defendo que Lula não é culpado na proporção que a grande mídia tenta nos impor e que os procuradores também não são isentos e justos na proporção que a mesma grande mídia nos quer impor.

Então, é culpado. E lugar de culpado é onde?

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qua 19 Abr 2017, 15:32

Lugar de culpado é estar sob julgamento e aferição de pena pela justiça.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qua 19 Abr 2017, 15:40

A incrível saga da propina numa só linha do Metrô de São Paulo


Delator descreve esquema que distribuiu cerca de 20 milhões de reais em recursos ilícitos
Diretores, deputados, TCE e até Serra teriam recebido dinheiro por obras de 320 milhões






Uma obra, muitos corruptos. Assim poderia ser descrita a expansão da linha 2-Verde do Metrô de São Paulo, segundo o relato do delator Fabio Gandolfo, ex-diretor do contrato na Odebrecht. Seu depoimento mostra a anatomia da corrupção que beneficiou a empresa ao longo de ao menos 15 anos e envolveu diversas esferas políticas: teriam recebido propina o órgão que deveria fiscalizar o contrato, membros da Assembleia Legislativa e um deputado federal e membros da diretoria do Metrô. Além do tucano José Serra, que no período se preparou para eleições à Prefeitura de São Paulo e ao Governo paulista. O depoimento do executivo foi colhido pela força tarefa da Operação Lava Jato e tornado público no final da semana passada, quando o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, derrubou o sigilo das investigações, revelando a sistemática corrupta gerenciada pela empresa.
Leia: http://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/11/politica/1491943472_560268.html

Gandolfo conta em seu depoimento que assumiu o contrato dos lotes dois e três da linha no início dos anos 2000. O contrato existia desde 1992, mas nunca havia sido implementado, pois o Governo do Estado afirmava não ter dinheiro para as obras. Havia, no entanto, uma cláusula que determinava que, se a construção não se iniciasse no prazo de seis meses após a assinatura do acordo, ele poderia ser extinto. Para que isso não ocorresse, esse contrato precisava passar por aditamentos. É neste momento que se inicia o primeiro episódio de corrupção. Para que o Tribunal de Contas do Estado (TCE), órgão responsável por fiscalizar a lisura da aplicação do dinheiro público em São Paulo, não contestasse os aditamentos, o delator conta que havia um "compromisso" de pagamento, na ordem de 0,9% do contrato. Quando questionado se esse compromisso indicava "propina", ele confirma que sim.

"Quando eu cheguei, já tínhamos assinado 20 aditivos contratuais mantendo a eficácia [do contrato]. Vinte aditivos sem ter iniciado [a obra]", conta ele. "O Metrô não tinha interesse em desmanchar o contrato porque teria que fazer licitação outra vez, e isso demora. Mas não havia recurso para executar a obra. O grande problema era se o TCE aprovava ou não aditivo. Não sei se o acordo envolvia todos os conselheiros, um conselheiro ou o quadro técnico do tribunal", afirma o executivo. Segundo ele, os pagamentos haviam sido acordados com um intermediário, chamado Luiz Carlos Ferreira. Não fica claro o papel dele junto aos receptores da propina, já que o delator afirma que ele era um consultor. "Esse compromisso seria da ordem de 0,9% do valor do contrato. Nós tínhamos dois lotes, portanto, dois contratos. O do lote dois, da linha 2, era da ordem de 125 milhões de reais, e o contrato do lote três, da ordem de 150 milhões de reais." O codinome dele na planilha da Odebrecht era Corinthiano e ele recebeu, ao todo, 2,754 milhões de reais, segundo o delator.

Em 2003, houve a decisão por parte do governador Geraldo Alckmin de ampliar a linha Verde. E, com isso, decidiu-se colocar em prática a obra acordada com a Odebrecht. E, neste momento, se inicia o segundo episódio de corrupção, segundo o delator. "Um pouco antes de começarem as obras, o presidente do Metrô na época, Luiz Carlos Frayze David, me convocou para uma reunião no gabinete dele. Disse que ele precisava de um apoio político nosso para um grupo de deputados, para que não tivesse pressão da assembleia contra esse contrato. Porque, vamos convir, que ficar com um projeto por dez anos em stand by[espera] é um negócio discutível. Por que não fazer nova licitação? Porque vai perder tempo. Mas é discutível", afirma ele.

O ex-diretor do Metrô, que ganhou o codinome Estrela, teria recebido 10 milhões de reais, em três entregas distintas, todas feitas em sua casa. O dinheiro, diz o delator, iria ao menos para dois parlamentares: Rodrigo Garcia, então deputado Estadual pelo DEM que entre 2005 e 2007 foi presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo; e Arnaldo Madeira, um dos fundadores do PSDB, ex-deputado federal e que, em 2003, assumiu a secretaria estadual da Casa Civil no Governo Alckmin. "Ele me disse que precisaria da ordem de quatro ou cinco por cento do valor do contrato para que fosse destinado a ele e ele se encarregaria de fazer essa distribuição."

Na mesma reunião, descreve Gandolfo, Frayze David teria pedido ainda um outro valor. Ou seja, o terceiro episódio de corrupção no mesmo contrato. "Ele disse que precisava de um apoio da área operacional do Metrô", conta. "Como a gente não ia fazer a linha inteira (...) .seria preciso fazer uma análise e um planejamento operacional. E, para isso, precisaria envolver a área de operação do Metrô, que é uma área muito forte, rigorosa. Ele pediu para designar 0,5%, que seria entregue ao diretor de Operações do Metrô, Décio Tambelli", ressalta.Tambelli ganhou na planilha o codinome Bragança e recebeu em seu escritório, segundo o delator, um valor aproximado de 1,5 milhão de reais. Ainda segundo o delator, um quarto episódio de corrupção ocorreu neste contrato: seria necessário fazer um ajuste contratual, devido às mudanças necessárias no projeto. Para isso, teria dito o ex-diretor do Metrô, seria necessário entregar mais 0,5% do valor contrato para Sérgio Brasil, que liderava o setor de contratação, que ganhou o codinome Brasileiro e uma quantia também próxima a 1,5 milhão de reais, entregues em restaurantes de São Paulo.

Os contratos da Odebrecht para a realização da obra foram responsáveis ainda por um outro nome na planilha de corrupção da empresa. Um executivo da empresa solicitou que ele incluísse o pagamento de 3% deste contrato para o codinome Careca "para gastos em futuras campanhas políticas". Na hora, não foi dito a ele quem era a pessoa por trás do apelido, mas ele descobriu, posteriormente, que se tratava do tucano José Serra, que também era conhecido pelo codinome Vizinho. "Esse eu programava, mas eu nunca pagava. Esse dinheiro era entregue, mas eu não sei a quem", conta o delator, que ressalta que o dinheiro era destinado a campanhas políticas. Em 2004, Serra concorreu nas eleições para prefeito de São Paulo, cargo ao qual renunciou dois anos depois, para concorrer ao Governo de São Paulo."Neste período [de contrato] nós recebemos do Metrô mais ou menos 320 milhões de reais porque tinha reajuste. Eu detectei pagamento para (...) o Vizinho de 4,670 milhões. Os 3% dariam 7,5 milhões, mas eu só detectei isso. Mas eu sai do contrato em 2006. O contrato do lote 3 se estendeu e eu não sei se foi pago depois."

O depoimento faz parte de uma das petições de Fachin, que inclui a fala de outros executivos da Odebrecht que confirmam as propinas. O ministro pede que o caso seja encaminhado para a avaliação da Procuradoria da República em São Paulo, já que envolve pessoas que não teriam foro privilegiado no STF, com exceção de Serra, que é senador e deve ser investigado em um inquérito separado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Se a investigação sobre as irregularidades nas obras do Metrô for autorizada, ela será feita pelo Ministério Público Federal de São Paulo, que afirma que ainda não tem novidades concretas no momento sobre o caso.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos, responsável pelo Metrô, diz que a empresa tem "rígidos controles sobre seus contratos". "A empresa mantém firme compromisso com a sociedade para oferecer serviços cada vez melhores e processos de contratação permanentemente transparentes", ressaltou, em nota. "Todos os contratos de todos os lotes e todos os aditivos da linha 2 foram julgados regulares pelo Tribunal de Contas do Estado."

O TCE, por sua vez, diz que reitera sua "disposição de prestar todas as informações que se fizerem necessárias para o esclarecimento de quaisquer fatos". "O TCE determinou o levantamento da situação de todos os processos referentes aos contratos citados. O relatório com essas informações estará disponível, de forma transparente, a todas as autoridades competentes e a quem possa interessar.", ressaltou o órgão, também em nota. O ex-deputado Rodrigo Garcia, atual Secretário da Habitação do Governo de Geraldo Alckmin, afirma que a delação é um "relato mentiroso e falso", "uma suposta citação de uma terceira pessoa (e não do delator), que foi negada por essa pessoa. "Jamais solicitei, ou autorizei que solicitassem em meu nome, recursos irregulares", disse ele, por meio de uma nota.

Vídeos da delação aqui:

http://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/17/politica/1492463407_539549.html


www.conversaafiada.com.br

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qua 19 Abr 2017, 15:52

DENÚNCIA SOBRE TRIPLEX ATRIBUÍDO A LULA É REJEITADA POR SER “VAGA DEMAIS”




Por Felipe Luchete, do Conjur - http://www.conjur.com.br/2017-abr-18/denuncia-triplex-atribuido-lula-rejeitada-vaga

Uma acusação de 102 páginas contra representantes da empreiteira OAS e da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) acaba de ser rejeitada pela Justiça de São Paulo com a absolvição sumária (antes do julgamento do mérito) de todos os réus — incluindo o executivo José Aldemário Pinheiro, sócio da OAS, e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

A denúncia do Ministério Público de São Paulo, que inicialmente incluía o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e familiares, deve ser arquivada por "alegações vagas" e uma série de erros – um dos executivos da OAS, por exemplo, foi acusado de ter praticado crimes em 2009 como representante da empresa, mas só virou funcionário quatro anos depois.

Os promotores Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Henrique de Moraes Araújo anunciaram, em março do ano passado, que várias pessoas à espera da casa própria foram lesadas quando a Bancoop, em crise financeira e presidida na época por Vaccari Neto, transferiu imóveis para a OAS. A empresa foi acusada de diminuir o tamanho da área firmada em contrato e cobrar valores mais altos do que os negociados.

Os autores relacionaram esses problemas com um triplex no Guarujá (litoral paulista) atribuído a Lula. Chegaram até a pedir a prisão preventiva do ex-presidente, mas todo esse trecho acabou sendo retirado e encaminhado ao juiz federal Sergio Fernando Moro, por conexão com a operação "lava jato".

A juíza Maria Priscilla Veiga Oliveira, da 4ª Vara Criminal de São Paulo, aceitou a denúncia contra 12 acusados em outubro. Nesta terça-feira (18/4), porém, concordou com as defesas e não viu motivo para manter a ação penal em andamento.

Superficialidade
Para a juíza, a denúncia não individualiza as condutas de cada acusado: "apenas afirma, de forma superficial, aquilo que entende como fato gerador dos crimes", sem "a minúcia necessária, tão somente alegações vagas".

A decisão diz que o MP-SP considerou estelionato o descumprimento de cláusulas contratuais, quando "o mero inadimplemento constitui ilícito civil, não adentrando na esfera da fraude penal". Além disso, a transferência dos empreendimentos da Bancoop — considerada irregular — foi acordada pelo próprio Ministério Público numa outra ação civil pública.

Os promotores também incluíram como réus uma advogada da cooperativa, que participou de assembleias exercendo a profissão, e um diretor jurídico da OAS que nem sequer atuou nos empreendimentos citados.

No ano passado, Vaccari já havia sido absolvido em outra ação envolvendo a Bancoop. A defesa de Vaccari foi feita pelo advogado Luiz Flávio Borges D'Urso.

Fatiamento e dano moral
Os promotores entendiam que a denúncia não interferia no trabalho do Ministério Público Federal em Curitiba. A estratégia, no entanto, não deu certo. O juiz Sergio Moro acabou assumindo o trecho contra Lula.

Quando isso ocorreu, Cássio Conserino e Fernando Henrique de Moraes Araújo chegaram a acusar a juíza de ter feito um acordo ilícito para dividir as investigações. O Superior Tribunal de Justiça, porém, reconheceu o fatiamento.

Em março deste ano, eles e o colega José Carlos Blat ganharam o direito de ser indenizados em R$ 90 mil pelo jornal Folha de S.Paulo por uma reportagem publicada na época da denúncia. O texto dizia que, dentre especialistas consultados sobre a peça inicial, alguns classificaram a acusação como "um lixo" e chamaram os promotores de "três patetas".

http://www.brasil247.com

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1575
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3118
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qua 19 Abr 2017, 16:01

A quem interessa frear o arranque econômico e democrático que o país trilhou nos últimos 15/20 anos? A quem interessa fragilizar o país para traze-lo ao patamar de submissão em que ele sempre esteve perante os países ricos?

Você repete um discurso de militante juvenil. O Brasil é um pais soberano e dono do seu destino. isso é besteira e não vale a pena perder tempo refutando.

Sobre a crise:

A crise foi causada pelo PT, que não respeitou principios basicos de economia e administração. O PT gastou mais do que arrecadou com impostos. Só isso.

O mesmo fizeram os militares, o Sarney, o FHC e todos os governantes que adotaram politicas keynesianas de desenvolvimento.

Não é sustentável e isso acontece em vários países nesse momento.




Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1575
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3118
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qua 19 Abr 2017, 16:05

Edison escreveu:A incrível saga da propina numa só linha do Metrô de São Paulo



Como não tenho bandido de estimação, eu desejo que todos esses politicos do PSDB sejam presos e que esse dinheiro volte aos cofres públicos.

Não sou tolo a ponto de afirmar que só o politico X é inocente e todos os outros são culpados.

É uma pena que esse pessoal não está sendo julgado na justiça comum. Assim seria possivel, mais uma vez e como sempre, calar a boca dos militantes fanaticos do PT que, ha poucos meses, afirmavam que o Eduardo Cunha não seria preso.
avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 784
Idade : 53
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 15
Pontos de participação : 1547
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Adauto em Qua 19 Abr 2017, 16:28

Edison escreveu:Lugar de culpado é estar sob julgamento e aferição de pena pela justiça.
Então, o Lula realmente acabou. Seria uma desgraça para o país, se ele fosse presidente novamente.

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1575
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3118
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Chico Costa em Qui 20 Abr 2017, 10:34

Edison escreveu:DENÚNCIA SOBRE TRIPLEX ATRIBUÍDO A LULA É REJEITADA POR SER “VAGA DEMAIS”


Agora restou só a que interessa e que está nas mãos do Sergio Moro.

Mas isso você não vai ler porque é um cara muito bem informado e imparcial que só lê blog pelego do PT

Delações agravam situação de Lula em relação a sítio

http://veja.abril.com.br/brasil/delacoes-agravam-situacao-de-lula-em-relacao-a-sitio/


Ao menos cinco delatores da Odebrecht relataram à Procuradoria-Geral da República detalhes sobre a reforma feita em um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, que investigadores suspeitam ser do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre eles, o patriarca da família, Emílio Odebrecht, disse ter informado Lula sobre o andamento da obra em reunião no Palácio do Planalto. Também delator, o engenheiro Emyr Diniz Costa Júnior afirmou ter comprado um cofre para guardar o dinheiro usado para reformar o imóvel.

Os depoimentos reforçam as suspeitas da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba de que Lula é o real proprietário do imóvel e as benfeitorias serviram de contrapartida da empreiteira pela atuação do petista em favor do grupo na época em que foi presidente, o que configura propina. Um inquérito aberto há cerca de um ano sobre o caso foi prorrogado em janeiro e está em fase final.

O principal argumento da defesa de Lula é de que a propriedade não está em seu nome. A defesa admite, porém, que o ex-presidente esteve no imóvel algumas vezes com a família. Para investigadores, o registro em nome de outras pessoas seria uma forma de ocultar patrimônio.

Em delação, Emílio disse ter relatado a Lula, em reunião no Planalto, em 2010, que as obras no sítio ficariam prontas no mês seguinte. O encontro, segundo ele, ocorreu no fim do ano, próximo do fim do mandato do então presidente.

Emílio relatou aos procuradores que, no encontro, o petista não teria ficado “surpreso” com a informação. “Eu disse: ‘Olhe, chefe, o senhor vai ter uma surpresa e vamos garantir o prazo que nós tínhamos dado no problema lá do sítio’.” Anotações e e-mails foram entregues pelo delator como forma de comprovar a reunião.

Um dos principais interlocutores da Odebrecht com Lula, o ex-diretor de Relações Institucionais Alexandrino Alencar, afirmou que o pedido para a reforma no sítio foi feito pela então primeira-dama, Marisa Letícia, que morreu em fevereiro.

“Ela me falou sobre um sítio e me perguntou se a companhia poderia ajudá-los a finalizar obras e reformas que estariam atrasadas, porque a equipe que fazia o trabalho estava com desempenho medíocre”, afirmou. Segundo o delator, Marisa disse que ela e o ex-presidente pretendiam frequentar o imóvel a partir de janeiro do ano seguinte.

‘Contrapartidas’

Além dos depoimentos nos quais relata sua relação com Lula, Alexandrino entregou aos procuradores uma relação de nove episódios em que a empreiteira atendeu a pedidos do ex-presidente. Segundo ele, eram “contrapartidas ao apoio e à influência política recebidos ao longo do tempo pelo atendimento das questões de interesse da companhia”. Na lista consta, além do sítio em Atibaia, itens como a construção do estádio do Corinthians, em Itaquera, e uma mesada para Frei Chico, irmão de Lula.

Alexandrino também afirmou que, em 2011, procurou o advogado Roberto Teixeira, amigo de Lula, para acertar uma maneira de “formalizar” as obras. Na ocasião, segundo o delator, eles combinaram de forjar notas para justificar os gastos na reforma. “Ele estava preocupado, digamos, como é que poderia aparecer essa obra sem um vínculo com os proprietários do sítio”, disse o ex-diretor. Ao todo, segundo ele, a Odebrecht gastou R$ 1 milhão na obra.

Em depoimentos, o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht e o ex-diretor da empresa em São Paulo Carlos Armando Paschoal também tratam da obra no sítio.

Cofre

Destacado pela empresa para acompanhar a reforma, o engenheiro Emyr Diniz Costa Júnior disse em delação que ajudou a elaborar um contrato falso para esconder a participação da Odebrecht. Ele afirmou ainda que comprou um cofre para guardar R$ 500 mil repassados, em espécie, pela empreiteira para executar a obra.

De acordo com o engenheiro, o dinheiro saía do Setor de Operações Estruturadas, o “departamento da propina” da empreiteira. “Eu liguei para ela (secretária do setor) e pedi os R$ 500 mil. Como eu nunca tinha manejado, em uma obra, uma soma dessa natureza, eu comprei um cofre especificamente e coloquei dentro de um armário na minha sala, dentro do meu escritório.”

Segundo Costa Júnior, o pedido feito pelo então ajudante de ordem da Presidência Rogério Aurélio Pimentel era para construir uma “pequena casa para alojamento dos seguranças do presidente”, “um campo de futebol”, “uma edícula de quatro suítes atrás da casa principal do sítio”, “uma adega para os vinhos de Lula”, além da construção de uma sauna.

Defesa

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou nesta quarta-feira, 19, que o sítio não pertence ao seu cliente e que não há qualquer acusação formal sobre o caso. “Com relação às delações da Odebrecht, o que temos sempre respondido é que são declarações unilaterais de pessoas que têm interesse em negociar estas declarações em troca de liberdade ou benefícios”, afirmou o advogado.

Em nota, o advogado Roberto Teixeira disse que “jamais propôs, orientou ou executou qualquer ato ilegal” no exercício da advocacia. Segundo ele, o delator admite que o sítio era de Fernando Bittar, seu cliente. “Minha atuação, enquanto seu advogado, era a de formalizar as obras realizadas como condição para que meu cliente fizesse o pagamento do valor devido pelos serviços.”

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 20 Abr 2017, 13:12

PARA QUEM AINDA ACREDITA NO IBOPE, DATAFOLHA OU O "INSUSPEITO" PARANÁ PESQUISAS, LÁ VAI:

Rejeição a Lula cai 14 pontos e é menor que a de tucanos

Pesquisa inédita do Ibope mostra que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a ser o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto.

Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza (30%) ou que poderiam votar (17%) se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum (51%), considerada a margem de erro.

Desde o impeachment de Dilma Rousseff, há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos (leia análise sobre as causas).

http://politica.estadao.com.br/blogs/vox-publica/rejeicao-a-lula-cai-14-pontos-e-e-menor-que-a-tucanos/


IBOPE: LULA SOBE E TUCANOS DESPENCAM

"Os três principais nomes do PSDB, por sua vez, viram seu potencial de voto diminuir ao longo do último ano e meio.

Desde outubro de 2015, a soma dos que votariam com certeza ou poderiam votar em Aécio Neves despencou de 41% para 22%.

O potencial de José Serra caiu de 32% para 25%, e o de Geraldo Alckmin foi de 29% para 22%.

Os três tucanos têm aparecem na pesquisa com taxas de rejeição superiores à de Lula: 62%, 58% e 54%, respectivamente.

OBS.-
A pesquisa foi feita antes de vir a público a lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, com as delações de executivos da Odebrecht que acusaram o ex-presidente de corrupção, junto com dezenas de outros políticos. Se a divulgação das denúncias prejudicou a imagem de Lula (e de outros denunciados), não houve tempo de isso ser captado pelo Ibope."

www.brasil247.com

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2015
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5090
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Edison em Qui 20 Abr 2017, 13:27

O mais novo "petralha", "esquerdopata", (segundo a direita "xucra") Reinaldo Azevedo,  critica o juiz Sergio Moro por exigir a presença do Lula nos depoimentos das 87 testemunhas .

Aqui:

Críticas a Moro e MPF: sou jornalista, não antipetista de aluguel

"Podem espernear à vontade; quanto mais babam de rancor, mais colaboram para que as verdades se clarifiquem. Eis a utilidade dos idiotas.", diz Reinaldo Azevedo.

Diz mais: "Há certa direita xucra que não se conforma com o fato de eu ter criticado aqui o juiz Sergio Moro por ter decidido, ao arrepio da lei, que o ex-presidente Lula tem de estar presente a todos os depoimentos das 86 (e não 87) testemunhas de defesa arroladas por seus advogados.

Fazer o quê? Ou os meus leitores, ouvintes e telespectadores se conformam com o fato de que jamais defenderei procedimentos ilegais, ainda que contra pessoas das quais não gosto, ou podem mudar de blogueiro, de colunista, de radialista, de comentarista de TV.

Todos os especialistas em direito, o que não sou, afirmaram a mesma coisa. Alguns gostam do PT menos do que eu. Mas e daí?"

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/criticas-a-moro-e-mpf-sou-jornalista-nao-antipetista-de-aluguel/


Que zurre a direita xucra: exigência que Moro faz a Lula é ilegal

Juiz se irrita porque defesa de petista arrola 87 testemunhas e decide retaliar: exige que Lula esteja presente a todos os depoimentos. Não faz sentido!

Reinaldo Azevedo diz que não integra o direitismo que relincha nem o esquerdismo que escoiceia.

Diz mais: "Não há um só advogado que ignore que Sergio Moro está cometendo uma arbitrariedade. Entendo que se trata de exercício de obstrução do direito de defesa.

Se o magistrado acha que há testemunhas demais e se, entre estas, há pessoas irrelevantes para o processo, ele que as recuse, então, desde que respeite o número a que tem direito o réu: oito.

Vale dizer: até esse número, não pode interferir. Mas não! Moro decidiu falar para Lula: “Ah, é? Oitenta e sete testemunhas? Então você vai ver o que é bom pra tosse! Vou ter de ouvir toda aquela gente, mas você também. Vai provar do seu próprio remédio”.

Bem, é desnecessário eu dizer que um juiz julga, não pratica vingança.


http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/que-zurre-a-direita-xucra-exigencia-que-moro-faz-a-lula-e-ilegal/
avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 784
Idade : 53
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 15
Pontos de participação : 1547
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Adauto em Qui 20 Abr 2017, 13:39

É Edson... você diz que Lula é culpado:

"Defendo que Lula não é culpado na proporção que a grande mídia tenta nos impor e que os procuradores também não são isentos e justos na proporção que a mesma grande mídia nos quer impor."

Afirma que:

"Lugar de culpado é estar sob julgamento e aferição de pena pela justiça."

Mas não há como disfarçar a admiração que você tem pela jararaca vermelha.

Conteúdo patrocinado

Re: Lula: acabou para quem um dia foi o maior líder político

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qui 27 Jul 2017, 01:36