F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Uma só FÉ, um só BATISMO. A que batismo o apóstolo Paulo se refere no texto de Efésios 4.5?

Compartilhe
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4295
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17339
Data de inscrição : 17/11/2008

Uma só FÉ, um só BATISMO. A que batismo o apóstolo Paulo se refere no texto de Efésios 4.5?

Mensagem por Norberto em Qui 10 Mar 2016, 18:17

.
O apóstolo Paulo refere-se à união espiritual e mística com Cristo, formando um só corpo espiritual

A que batismo o apóstolo Paulo se refere no texto de Efésios 4.5?


Vejamos: “Um só SENHOR, uma só fé, um só batismo”.

Pois bem, essa passagem é entendida pela maioria dos crentes leigos como sendo o batismo em águas ou, ainda, o batismo com o Espírito Santo. Entretanto, percebemos que o texto em apreço expressa uma unidade, e, portanto, não habilita estas sugestões, pois nem o batismo em águas nem o batismo com o Espírito Santo são capazes de representar perfeitamente os motivos principais da nossa unidade com Cristo.

A única causa de nossa união com Cristo é a salvação levada a efeito por Ele próprio. Sendo assim, nenhuma das práticas cerimoniais pode ser postulada como fundamento desta unidade.

Nas doutrinas ortodoxas cristãs, o Espírito Santo tem a ver com a função de santificação e promoção de vigor espiritual. O batismo em águas, por sua vez, é consensualmente interpretado pelas vertentes protestantes como o sinal externo e visível de que professamos publicamente a fé em Jesus.

Dessa forma, concluímos que, para que alguém usufrua a união com Cristo, esta pessoa precisa identificar-se com Ele por meio de sua morte e ressurreição: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gl 2.20).

Um dos textos que ilustra muito bem esta união, que igualmente foi exigida por Cristo aos seus discípulos, encontra-se no evangelho de João, que afirma: “Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim” (Jo 15.4).

Esta identificação mística com Cristo não isenta o crente do batismo nas águas e muito menos de buscar o vigor e poder mediante a ação do Espírito Santo.

Contudo, se refere à aceitação de Cristo como caminho único para a obtenção do perdão de pecados e ingresso no corpo espiritual, a Igreja.

Alguns estudiosos da Bíblia preferem denominar este assunto de “realidade espiritual” ou “batismo espiritual”: “Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito” (1Co 12.13).

Fonte: Seção ICP Responde da Revista Defesa da Fé - agosto/2004
.

    Data/hora atual: Sex 23 Jun 2017, 12:41