F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Compartilhe
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Norberto em Qui 10 Mar 2016, 18:09

.
São pecados que podem levar à morte física

O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?


“Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. Toda iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte” (1Jo 5.16,17).

O catolicismo romano classifica os pecados em duas categorias: mortal e venial, e apresenta o texto bíblico supracitado a fim de “provar” a existência destas duas categorias. Os pecados graves e cometidos conscientemente são classificados como “mortais”; os pecados praticados ignorantemente são chamados de “veniais”.

Se a pessoa cometer o “pecado mortal” estará separada de Deus e, se não receber o perdão, acabará sendo condenada eternamente. Já o pecado “venial” é considerado menos grave, não realizado deliberadamente, sem a consciência do protagonista,e pode ser perdoado por meio de penitências. A questão que deve ser analisada, porém, está no fato de que existem pecados considerados “mortais” para a igreja romana e que acabam sendo classificados como “veniais”. Como um sacerdote poderia, no momento da confissão de pecados de algum fiel, determinar precisamente os pecados que este teria realizado deliberadamente ou não?

Há também os que interpretam que a morte, o efeito do pecado, a qual João se refere, é a morte física. Estes acreditam que Deus alcança a todos com sua graça. A outra interpretação é a de que a morte referida no texto seja a espiritual (a separação de Deus) e, assim sendo, haveria pecado que levaria o homem à morte eterna, sobre a qual não adiantaria orar, visto que tais pecadores já estão terminantemente condenados à eterna perdição. A justificativa final para tal condenação seria a apostasia.

Apesar de haver divergência interpretativa desse texto, há, no entanto, o consenso de que não se trata da questão de diferenças de pecados, como são classificados pela Igreja Romana. Temos de considerar que há circunstâncias em que realmente a atitude de orar pela pessoa que peca deliberadamente se torna uma ação frustrante. Estamos falando de pessoas que já determinaram em seus corações persistirem nos seus caminhos pecaminosos.

O texto em discussão não comenta nada acerca do “pecado imperdoável”. No entanto, seria bom que o entendêssemos como se referindo a pecados que levam à morte física, o que não implica necessariamente que a pessoa irá se perder eternamente. Até porque os cristãos são aconselhados, pela Bíblia, a orar pelas pessoas, independentemente de seus pecados ou de sua condição religiosa. Note, por exemplo, o apelo do apóstolo Paulo, para que oremos até mesmo pelas autoridades governamentais (Rm 13.1-7).

Fonte: Seção ICP Responde da Revista Defesa da Fé - julho/2004
.
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1117
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3068
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Ernesto em Dom 13 Mar 2016, 18:09

O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”? 



Alguém diz:




Apesar de haver divergência interpretativa desse texto, há, no entanto, o consenso de que não se trata da questão de diferenças de pecados, como são classificados pela Igreja Romana. Temos de considerar que há circunstâncias em que realmente a atitude de orar pela pessoa que peca deliberadamente se torna uma ação frustrante. Estamos falando de pessoas que já determinaram em seus corações persistirem nos seus caminhos pecaminosos.


Ernesto responde:


Eu também entendo que pecado é pecado; e se é pecado é porque transgrediu a lei, O que faz a diferença, é que há pecados cometidos que ja são planejados antecipadamente, e durante o tempo  do planejamento e a execução, o Espirito Santo trabalha incansavelmente para sensibilizar a intenção desse individuo, para  que abandone esse plano,
Mas, mesmo depois de o pecado consumado ainda há esperanças, e esse é o momento que o irmão, que conhece o pecado do outro irmão pode ajudar para convencê-lo á voltar a Deus.
Foi o que aconteceu com Davi quando adulterou com Bate-seba, ele por si só não voltou, foi preciso Natã ir e apontar o pecado, e ao mesmo tempo encorajá-lo a pedir o perdão.
se ele tivesse rejeitado o conselho de Natã, então seria um pecado imperdoável e certamente sofreria as consequências 

Abraços    Ernesto  
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Gleison Elias em Dom 13 Mar 2016, 18:35

--

O texto é paralelo a Hebreus 10, que diz:

"Quebrantando alguém a lei de Moisés, morre sem misericórdia, só pela palavra de duas ou três testemunhas.
De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça?"

Entendo que o "pecado para morte" é o pecado que ignora o sacrifício de Cristo.
A este, NÃO HÁ PERDÃO. Pois o perdão está em Cristo. (Hebreus 10:26)
Por exemplo, se o individuo se circuncidar e quiser viver na Lei, depois de ter conhecido a verdade da graça. A este não faz sentido orar.
avatar
Vasuilvan
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3161
Idade : 47
Cidade/Estado : BRASÍLIA
Religião : CRISTÄO
Igreja : ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 140
Pontos de participação : 10391
Data de inscrição : 17/11/2011

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Vasuilvan em Seg 14 Mar 2016, 08:55

;;;;;

Isso mesmo Gleison, símbolos e figuras nunca salvaram ninguém neste planeta. Lançar mão dos símbolos e abandonar o sacrifício e o sangue redentor de Cristo, é abandonar a promessa de vida eterna...

 Tua postagem corrobora com o entendimento do Ernesto. A exemplo de Davi, devemos ser sensíveis ao toque do espírito Santo.

 Ainda assim, oro.  Inclusive pelos pecadores decididos a permanecer no pecado, assim como eu o era...
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Gleison Elias em Seg 14 Mar 2016, 11:14

--

Você entendeu errado o minha resposta, Vasuilvam

Não estou me referindo a ninguém que simplesmente peque com consciência de que seja pecado.
Mas aos que pecam não aceitando o sacrifício de Cristo.

A "voluntariedade" está em ter conhecido que só Cristo é a expiação para os pecados e mesmo assim quer outros meios de expiação.

Era o que acontecia com os judaizantes.

A estes, não se ora porque... eles não querem ser perdoados! Recusam o perdão de Jesus, que é o único.

Uma pessoa que viva em prática do pecado mas recusa Jesus como o único e suficiente salvador, não tem mais oportunidades, a única que tem é Jesus mas ele rejeita.

Hoje eu vejo "pecado para morte" muito comum em igrejas neopentecostais. Sim, em igrejas neopentecostais. Tem uma parcela, não é maioria, de pessoas que conhecem o evangelho mas frequentam essas igrejas e concordam com elas de que a salvação está no "sacrifício financeiro".

Conhecem a verdade, que a Graça que salva, mas passam a rejeitá-la.

Isso é diferente de pensar que o pecado consciente é para morte.
A Lei nos leva ao conhecimento do pecado. Então não existe, não existe, pecado de um cristão que seja "inocente".
O que diferencia o pecado para morte e o pecado que não é para morte, é como você lida com ele.
Só existe vida em Cristo, e sua graça superabunda onde havia pecado, então se você não reconhece que Cristo que irá te perdoar, obviamente o seu pecado é para morte. Simples.

Pecado + Graça (Cristo) = Vida
Pecado - Graça (Cristo) = Morte.

avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1117
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3068
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Ernesto em Sex 18 Mar 2016, 08:58

Gleison diz:

Hoje eu vejo "pecado para morte" muito comum em igrejas neopentecostais. Sim, em igrejas neopentecostais. Tem uma parcela, não é maioria, de pessoas que conhecem o evangelho mas frequentam essas igrejas e concordam com elas de que a salvação está no "sacrifício financeiro".

Conhecem a verdade, que a Graça que salva, mas passam a rejeitá-la.

Isso é diferente de pensar que o pecado consciente é para morte. 
A Lei nos leva ao conhecimento do pecado. Então não existe, não existe, pecado de um cristão que seja "inocente".
O que diferencia o pecado para morte e o pecado que não é para morte, é como você lida com ele.
Só existe vida em Cristo, e sua graça superabunda onde havia pecado, então se você não reconhece que Cristo que irá te perdoar, obviamente o seu pecado é para morte. Simples.


Ernesto responde;


Eu entendo que a tua interpretação é correta, mas, vejo  um erro na aplicação, Vc. vê nas igrejas neo-pentecostais um erro que eles querem se salvar através das ofertas, Para eles, é uma lei que estão cumprindo.
Mas, Tiago diz que; Se tu não cometeres adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei. Assim como os primeiros podem estar vivendo incorretamente para com a lei de Deus, os outros que transgridem qualquer um dos dez mandamentos também se consideram aptos para a salvação porque depositam a sua esperança nas promessas de Jesus. Mas, se esquecem que a promessa da salvação é condicional. Mat,7:21, diz: Nem todo o que me diz Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas, aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Resumo: o homem precisa fazer o possível de andar nos caminhos de Deus, e quando se esbarra com o impossível, então  ele tem o direito de recorrer a Graça de Cristo. 


Abraços  Ernesto
avatar
DBOliveira
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 261
Idade : 29
Cidade/Estado : Brasília/DF
Religião : Cristã
Igreja : Testemunha Cristã de Jeová
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 23
Pontos de participação : 621
Data de inscrição : 01/10/2015

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por DBOliveira em Sex 18 Mar 2016, 15:24

Qual é o pecado que incorre em morte eterna, para o qual não há perdão? Eis a resposta bíblica:

“Quem falar contra o espírito santo, não lhe será perdoado, não, nem neste sistema de coisas, nem no que há de vir.” (Mat. 12:32) “É impossível, quanto aos que de uma vez para sempre foram esclarecidos, e que provaram a dádiva celestial gratuita, e que se tornaram participantes de espírito santo, e que provaram a palavra excelente de Deus e os poderes do vindouro sistema de coisas, mas que se afastaram, reanimá-los novamente ao arrependimento, porque eles de novo penduram para si mesmos o Filho de Deus numa estaca e o expõem ao opróbrio público.” — Heb. 6:4-6.

Tais pessoas rejeitam a única base sobre a qual seu pecado pode ser perdoado e, assim, sua transgressão continua de pé contra elas. Por isso, precisam pagar a pena de seu pecado imperdoável — a segunda morte. As Escrituras nos dizem: “Se praticarmos o pecado deliberadamente, depois de termos recebido o conhecimento exato da verdade, não há mais nenhum sacrifício pelos pecados, mas há uma certa expectativa terrível de julgamento e há um ciúme ardente que vai consumir os que estão em oposição.” (Heb. 10:26, 27)

Esse pecado não é apenas uma fraqueza da carne. É cometido deliberada, rebelde e obstinadamente. Não é tanto o pecado em si que o torna imperdoável, mas a condição de coração do pecador.

Mas, como podemos nós saber se alguém cometeu um pecado que incorre em morte? João se refere evidentemente ao pecado deliberado, consciente, em contraste com aquele que não incorre em morte. Quando a evidência indica tal pecado deliberado, consciente, o cristão não ora a favor de tal ofensor.

avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1117
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3068
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Ernesto em Sex 18 Mar 2016, 20:51

DBOliveira diz:

Tais pessoas rejeitam a única base sobre a qual seu pecado pode ser perdoado e, assim, sua transgressão continua de pé contra elas


Olá Irmão em Cristo:


Destes uma boa definição do pecado contra o Espirito Santo, Só não ficou bem esclarecido quanto a origem do pecado, quanto eu sei que pecado é a transgressão da lei de Deus. Se olharmos por este angulo, então podemos dizer que a transgressão da lei de Deus é o pecado contra o Espirito Santo não é?
 Dê nos a sua interpretação Obrigado.


Abraços    Ernesto 
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5125
Idade : 45
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 122
Pontos de participação : 10850
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Tzaruch em Sex 18 Mar 2016, 22:14

.
Resposta à Mensagem Nº7


Olá DBOliveira.


DBOliveira escreveu:Qual é o pecado que incorre em morte eterna, para o qual não há perdão? Eis a resposta bíblica:

Tenha em atenção que João em seu texto não fala de MORTE ETERNA, o texto da Msn Nº1
é que faz essa INDUÇÃO com a adição de coisas que não estão escritas.

Confirme...


___Citação___

se não receber o perdão, acabará sendo condenada eternamente.
assim sendo, haveria pecado que levaria o homem à morte eterna,
visto que tais pecadores já estão terminantemente condenados à eterna perdição.



Tudo isso são coisas adicionadas por quem escreveu tal assunto, mas no final está a
seguinte chamada de atenção
, a qual deveria ser levada em conta para que as respostas

sejam coerentes com aquilo que João falou.



__Citação Msn Nº1___
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
O texto em discussão não comenta nada acerca do “pecado imperdoável”. 

No entanto, seria bom que o entendêssemos como se referindo a pecados que levam à morte física,
o que não implica necessariamente que a pessoa irá se perder eternamente.


Até porque os cristãos são aconselhados, 
pela Bíblia, a orar pelas pessoas,
independentemente de seus pecados ou de sua condição religiosa.


Note, por exemplo, o apelo do apóstolo Paulo, para que oremos até mesmo pelas autoridades governamentais (Rm 13.1-7).
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


Ou seja, você acabou por apontar exatamente dois pontos dessa chamada de atenção,
veio falar de pecado para o qual não há perdão, e veio falar de morte eterna.

Mas João não fala dessas coisas, e conforme a citação o entendimento dever ser claro.

Assim, pecado imperdoável e para a morte eterna não faz parte do texto nem do contexto.

.
avatar
DBOliveira
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 261
Idade : 29
Cidade/Estado : Brasília/DF
Religião : Cristã
Igreja : Testemunha Cristã de Jeová
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 23
Pontos de participação : 621
Data de inscrição : 01/10/2015

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por DBOliveira em Seg 21 Mar 2016, 11:04

Ernesto, você perguntou: "então podemos dizer que a transgressão da lei de Deus é o pecado contra o Espirito Santo não é?"

Resposta: Penso que não. Qual é a diferença? O pecado imperdoável vai além de praticar atos errados. Envolve também uma atitude que impede totalmente o pecador de receber o perdão de Deus. Deus perdoa a pessoa que se arrepende dos seus erros, segue as leis dele e mostra fé em Jesus Cristo. (Atos 3:19, 20)

Mas alguém pode ficar tão decidido a praticar o pecado que nunca mais vai mudar sua atitude ou suas ações. A Bíblia diz que alguém assim tem um “coração mau”, “endurecido pelo poder enganoso do pecado”. (Hebreus 3:12, 13)

O coração de uma pessoa assim pode ser comparado a um vaso de barro que foi para o forno. Ele não pode ser mais modificado. Seu coração se opõe a Deus de modo permanente. (Isaías 45:9) Não existe base para alguém assim ser perdoado. Por isso, seu pecado é considerado imperdoável. Hebreus 10:26, 27.

Alguns líderes religiosos judeus nos dias de Jesus cometeram o pecado imperdoável. Eles sabiam que o espírito santo de Deus dava poder para Jesus fazer milagres. Mesmo assim, diziam com más intenções que o poder de Jesus vinha de Satanás. Marcos 3:22, 28-30.

É como eu tinha dito na mensagem anterior: Esse pecado (contra o espírito santo) não é apenas uma fraqueza da carne. É cometido deliberada, rebelde e obstinadamente. Não é tanto o pecado em si que o torna imperdoável, mas a condição de coração do pecador.

avatar
DBOliveira
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 261
Idade : 29
Cidade/Estado : Brasília/DF
Religião : Cristã
Igreja : Testemunha Cristã de Jeová
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 23
Pontos de participação : 621
Data de inscrição : 01/10/2015

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por DBOliveira em Seg 21 Mar 2016, 11:39

Tzaruch,

Penso que quando João fala do pecado que incorre em morte, ele fala sobre o pecado da morte eterna ou contra o espírito santo. Porque? Veja meus motivos:

1) Como descendência de Adão, todos os nossos pecados levam à morte física (Romanos 5:12)

Penso que João não se referia simplesmente a esse pecado (que leva à morte física) quando citou o texto, pois ele estaria errado em dizer que há pecados que não levam a morte física, sendo que como descendência de Adão todos os pecados levam a morte física.

1 João 5:17 diz: "Toda injustiça é pecado, mas há pecado que não leva à morte". Qual é o pecado que não leva a morte? Todos levam. João sabia disso? Claro que sabia.

Com razão, penso que realmente ele fez o contraste entre pecados que não levam a morte (morte eterna) e o pecado que incorre em morte (morte eterna).

2) O texto diz que para o tipo de pecado que incorre em morte, não se deve orar.

Ora, a bíblia nos aconselha a orar quando cometemos pecados pedindo perdão. Se o texto estivesse falando da morte física apenas, seria errado dizer que não se deve orar, pois justamente foi por esse tipo de pecado que Jesus morreu por nós e a bíblia nos aconselha a orar pedindo perdão.

O único pecado que não tem perdão é contra o espírito santo. Não se deve orar a favor destes (exemplo, os fariseus) porque seria inútil, já que estão condenados com razão.

3) Um exemplo bíblico ilustra bem essa diferença.

Depois de proferir seu julgamento contra o Judá infiel, Jeová disse a Jeremias: “No que se refere a ti, não ores por este povo, nem eleves por eles um clamor suplicante ou uma oração, nem instes comigo, porque não te escutarei.” (Jeremias 7:16)

Por que Jeová proibiu Jeremias de orar pelos israelitas? É evidente que foi por causa das suas flagrantes transgressões da Lei de Deus. Estavam aberta e descaradamente praticando ‘furto, assassinato, e adultério, e perjúrio, e oferecendo fumaça sacrificial a Baal, e indo atrás de outros deuses’. (Jer. 7:16-20; 14:11, 12)

Em consequência disso, Jeová disse aos judeus infiéis: “Vou lançar-vos fora de diante da minha face, assim como lancei fora todos os vossos irmãos, toda a descendência de Efraim.”

Jeová os tinha condenado como pecadores impenitentes. Não mudaram sua atitude. Pecaram contra o espírito santo de Deus. Certamente, seria impróprio para Jeremias, ou qualquer outra pessoa, orar a Jeová para reverter Seu julgamento.  (Jeremias 7:9, 15)

Sendo assim, a bíblia dá entender que quando:

3.1) Poder orar em favor de nós mesmos quando pecamos, ou em favor de outros, significa que não cometemos o pecado imperdoável.

3.2) Quando não se pode orar, a pessoa cometeu o pecado imperdoável.

Como saber se devemos orar ou não por alguém? Deus, não nós na terra, decide se alguém pecou contra o espírito santo. Contudo, podemos reconhecer à base das palavras inspiradas de João que não devemos orar a favor de alguém que apresenta evidência de praticar deliberadamente o pecado.

4) No contexto de 1 João 5, João fala sobre a vida eterna através da fé em Jesus Cristo. Penso então que quando ele fala de morte, faz também um contraste entre a vida eterna e a morte eterna.

Enfim, é isso. Abraço!
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1117
Idade : 88
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 165
Pontos de participação : 3068
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Ernesto em Seg 21 Mar 2016, 15:23

 DBOliveira Hoje à(s) 11:04


Ernesto, você perguntou: "então podemos dizer que a transgressão da lei de Deus é o pecado contra o Espirito Santo não é?"

Resposta: Penso que não. Qual é a diferença? O pecado imperdoável vai além de praticar atos errados. Envolve também uma atitude que impede totalmente o pecador de receber o perdão de Deus. Deus perdoa a pessoa que se arrepende dos seus erros, segue as leis dele e mostra fé em Jesus Cristo. (Atos 3:19, 20) 

Ernesto responde;

Eu concordo contigo; que a transgressão da lei por si só não separa  o homem imediatamente de Deus, mas ela é o estopim para iniciar uma separação gradativa, porque, o pecado endurece o coração do homem, e, com o tempo não sentem mais o toque do Espirito Santo. Assim como os judeus, eles tinham certeza que Cristo era o messias, mas, eram tão endurecidos que preferiram destruí-lo porque não queriam se sujeitar a ele.  Do mesmo modo Satanás ja  sabe que sua derrota é certa, e conhece o seu fim; assim mesmo ele continua destruindo as criaturas de Deus. 
Sempre precisamos fugir dos primeiros pecados, e quando isso não for possível, então, o quanto antes nos refugiar nos braços de Cristo. Ele, através do Espirito Santo nos dará poder para vencermos os próximos pecados, e  para conhecermos a vontade de Deus ele  deixou para nós a sua lei, como placas indicativas das rodovias,para não enveredarmos por caminhos enganosos

abraços  Ernesto
avatar
DBOliveira
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 261
Idade : 29
Cidade/Estado : Brasília/DF
Religião : Cristã
Igreja : Testemunha Cristã de Jeová
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 23
Pontos de participação : 621
Data de inscrição : 01/10/2015

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por DBOliveira em Seg 21 Mar 2016, 15:46

Ernesto,

sim, belas palavras. Temos que tomar muito cuidado com o pecado, pois quando ele laça, é muito difícil sair, embora não seja impossível. A única solução é a pessoa perceber a tempo e "dar meia volta".

Abraço
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5125
Idade : 45
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 122
Pontos de participação : 10850
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Tzaruch em Ter 22 Mar 2016, 01:23

.
Resposta à Mensagem Nº11


Olá DBOliveira.



DBOliveira escreveu:Penso que quando João fala do pecado que incorre em morte, ele fala sobre o pecado da morte eterna ou contra o espírito santo. Porque? Veja meus motivos:

Então antes de sequer apresentar os seus "motivos", e que tal mostrar os textos da Bíblia
onde se fala realmente dessa MORTE ETERNA ?

E depois em quais palavras nessa página João dá a entender morte ETERNA ou contra o ES ??


Faça isso, assim o "caminho" será mais rápido.

.
avatar
DBOliveira
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 261
Idade : 29
Cidade/Estado : Brasília/DF
Religião : Cristã
Igreja : Testemunha Cristã de Jeová
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 23
Pontos de participação : 621
Data de inscrição : 01/10/2015

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por DBOliveira em Ter 22 Mar 2016, 08:39

Tzaruch,

nem kkkkk se formos entrar no assunto da "morte eterna", que entendo que é a mesma coisa da "segunda morte", teremos que inevitavelmente entrar no assunto se há vida após a morte ou não e assuntos paralelos, e de "debate" já chega os que tenho sobre a trindade kkkk Não estou com disposição pra tal..desculpe aí

Conteúdo patrocinado

Re: O que o apóstolo João quis dizer com “há pecados para a morte”?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qui 24 Ago 2017, 01:58