F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Compartilhe

Goncaze
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : Status :D
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 506
Idade : 34
Cidade/Estado : Cuiabá/MT
Religião : Cristianismo
Igreja : Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -1
Pontos de participação : 1685
Data de inscrição : 01/09/2011

Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Goncaze em Seg 15 Jun 2015, 10:54

Os mestres da lei e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher surpreendida em adultério. Fizeram-na ficar em pé diante de todos e disseram a Jesus: "Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério. Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres. E o senhor, que diz? "
João 8:3-5



Em conversa com um colega de trabalho, o mesmo levantou a hipótese de que esta mulher talvez tenha sido estrupada como intenção de criar provas de um crime de adultério.

O que vocês acham dessa hipótese?

Este mesmo colega afirmou que Jesus somente a salvou devido ao fato de ela ter se arrependido e caso não tivesse se arrependimento, o próprio Jesus não a teria salvo de ser apedrejada.

Qual a é opinião de vocês sobre este ponto de vista?

Detalhe: este colega completou o seminário para se tornar padre, mas, desistiu de ser padre.

avatar
Betho
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Holístico!
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1021
Idade : 44
Cidade/Estado : BRAZIL
Religião : O Verdadeiro.
Igreja : Ex 23:21
País : ES.Brasil
Mensagens Curtidas : 29
Pontos de participação : 2609
Data de inscrição : 25/04/2015

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Betho em Seg 15 Jun 2015, 16:26

1) "o mesmo levantou a hipótese de que esta mulher talvez tenha sido estrupada como intenção de criar provas de um crime de adultério".

Nunca tinha pensado nisto, não é nada improvável, desde que a Lei Mosaica condena os dois envolvidos e no caso, só apareceu a mulher.

2) Jesus tecnicamente não salvou ela diretamente, explico:

a) A lei mosaica ensina que as testemunhas, duas ou mais, as primeiras que veem o adultério, devem ser obrigatoriamente as primeiras a lapidarem os adúlteros.

b) Jesus permanece agachado, o que pode ser considerado desrespeito, porém, não foi, desde que Ele não tinha obrigatoriedade com aquele processo legal.

c) Jesus se levanta e assume, a condução do processo, não se preocupa com a adultera e com o público em volta, mas com as Testemunhas.

d) Caso, as testemunhas, estas bem especificas, não tivessem culpa, a adultera teria sido apedrejada.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1667
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 36
Pontos de participação : 3998
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Jefté em Seg 15 Jun 2015, 20:53

Olá irmãos....
Paz!

Antes de mais nada uma verso:::::::
"Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele."  
Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus."  (Jo. 3:17-18)

E agora outro:
"E diziam à mulher: Já não é pelo teu dito que nós cremos; porque nós mesmos o temos ouvido, e sabemos que este é verdadeiramente o Cristo, o Salvador do mundo." (João 4.42)
e mais outro:
"Porque para isto trabalhamos e lutamos, pois esperamos no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis." (I Timóteo 4.10)

E agora a conclusão:
Ouvistes o que foi dito aos antigos....?
Eu porém vos digo....
Ouvistes o que foi dito aos antigos...?
Eu porém vos digo....

O Senhor não veio executar a lei levítica, baixa a seu ofício e sacerdócio!
Ele veio executar unicamente a SUA LEI:
Essa:
"Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;"

"Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam;" Lucas 6.27

Agora vejamos:
Na lei diz:
"E quem matar a alguém certamente morrerá. Mas quem matar um animal, o restituirá, vida por vida. Quando também alguém desfigurar o seu próximo, como ele fez, assim lhe será feito:
Quebradura por quebradura, olho por olho, dente por dente; como ele tiver desfigurado a algum homem, assim se lhe fará. Quem, pois, matar um animal, restituí-lo-á, mas quem matar um homem será morto."
(Deut. 24:17-21)

Agora prestemos atenção:

Mateus 5:38-42
Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;
E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa;
E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas.
Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.

Olha o Senhor aí desfazendo todas as ordenações de vingança da lei e de restituição na base do olho por olho!

Conclusão:
Ainda que apresentassem ao Senhor qualquer questão como a da mulher adúltera - que não existe nada de pegadinha quando ela não devesse ter sido morta - jamais que o mundo e as potestades das trevas ou o Diabo e os homens todos juntos viessem a Ele para O forçar o induzir ao mal fazer; jamais o conseguiriam!
Por quê????
Porque o Senhor é o Senhor!
E porque Ele é o Salvador - e não o condenador; tampouco Moisés, para mandar apedrejar a quem quer que seja.
Na lei não existe essa de quem não tem pecado que atire a primeira pedra.
Na lei é: foi apanhado em flagrante, é apedrejado, a começar pela mão das testemunhas.
Cristo é quem trouxe esta lei; e ela é tão eterna e forte - que enquanto existirem homens na face da terra, filhos de Adão, jamais terão Dele, a autorização de apedrejar a qualquer que seja.
Porque não hã um entre nós, que não os temos....
Aliás, ali diante da adúltera, Ele não tinha pecados.... E acaso a apedrejou????
- Não!
Então façamos o mesmo,  não apedrejando, conforme Cristo fez!
embora temos pecados... então dobre motivo para seguir a Cristo...
Assim creio.

Goncaze
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : Status :D
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 506
Idade : 34
Cidade/Estado : Cuiabá/MT
Religião : Cristianismo
Igreja : Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -1
Pontos de participação : 1685
Data de inscrição : 01/09/2011

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Goncaze em Ter 16 Jun 2015, 02:43

Pois é pessoal, foi o que eu respondi para ele, mas, o mesmo continuou teimando. Procurou várias meios de justificar a barbaridade que dizia. No fim do diálogo comecei a suspeitar que ele não bate bem das ideias já que o próprio entrou em contradição mais de uma vez.

Goncaze
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : Status :D
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 506
Idade : 34
Cidade/Estado : Cuiabá/MT
Religião : Cristianismo
Igreja : Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -1
Pontos de participação : 1685
Data de inscrição : 01/09/2011

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Goncaze em Ter 16 Jun 2015, 03:54

O ponto central da argumentação do quase-padre, dizia ele, que Jesus conhecia o coração daquela mulher e sabia que ela estava arrependida ou que viria se arrepender e por este motivo a salvou de ser apedrejada. Caso contrário, Jesus a deixaria morrer.

O quase-padre considera, equivocadamente, que o Centro desta história é a culpa e o suposto arrependimento da mulher e que a moral desta historia é: Se o pecador se arrepende, Jesus salva! Caso contrário, Jesus não salvará!

Todavia, o quase-padre não percebe ou ignora o princípio motivador dessa história. Os mestres da lei e os fariseus desejavam testar Jesus para fazê-lo cometer algum erro do qual pudesse ser acusado. Portanto, era a legitimidade dos ensinamentos de Jesus, a sua reputação, sua autoridade e autenticidade que estavam em jogo.

O quase-padre também não percebe ou ignora que não foi somente a mulher acusada de adultério que foi levada diante de Jesus. Eles também trouxeram Moisés.

Conclui-se que, no desenrolar da história, Jesus demonstra mais uma vez a legitimidade dos seus ensinamentos e de quebra, demonstra diante de todos eles que ali estava alguém que é maior do que Moisés.
avatar
Betho
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Holístico!
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1021
Idade : 44
Cidade/Estado : BRAZIL
Religião : O Verdadeiro.
Igreja : Ex 23:21
País : ES.Brasil
Mensagens Curtidas : 29
Pontos de participação : 2609
Data de inscrição : 25/04/2015

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Betho em Ter 16 Jun 2015, 09:12

Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: "Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou? "Ninguém, Senhor", disse ela. Declarou Jesus: "Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado".

A partir de agora, uso o texto livre de Almeida, se alguém se importunar, consultamos outros Mestres e os textos gregos, etc.

a) "abandone sua vida de pecado", lembro-me vagamente ser uma variante? este verso estar a dizer que Ela tem culpa! Ora, se tem, não foi estuprada, ou se foi, consentiu.

b) Jesus não a condenou, porque ela já estava condenada: Contudo, não pensem que eu os acusarei perante o Pai. Quem os acusa é Moisés, em quem estão as suas esperanças. João 5:45

Repito, Jesus cumpriu a Lei, não defendeu a mulher, defendeu a legalidade do processo de execução, porque Ele é a Verdade.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1667
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 36
Pontos de participação : 3998
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Jefté em Ter 16 Jun 2015, 10:09

Olá irmão Goncaze

O ponto central da argumentação do quase-padre, dizia ele, que Jesus conhecia o coração daquela mulher e sabia que ela estava arrependida ou que viria se arrepender e por este motivo a salvou de ser apedrejada. Caso contrário, Jesus a deixaria morrer.

O quase-padre considera, equivocadamente, que o Centro desta história é a culpa e o suposto arrependimento da mulher e que a moral desta historia é: Se o pecador se arrepende, Jesus salva! Caso contrário, Jesus não salvará!
ENGANO TOTAL!!!
Parece não conhecer ao seu SENHOR que tanto pensa seguir!!!
Não conhece o SALVADOR!

Cristo não veio ao mundo senão para PERDOAR e SALVAR e AMAR e DAR A VIDA ETERNA !!!!!!!!!
O Senhor jamais!!!!!!!!
JAMAIS que condenaria O MAIOR PECADOR ENTRE DOS HOMENS (nem sei se tem algum maior ou menor)...
Mas o Senhor, o Senhor Jesus, o único SALVADOR do MUNDO, e dos HOMENS TODOS, jamais CONDENARIA a quem quer que seja, AINDA QUE ESSE PECADOR, não estivesse ARREPENDIDO !!!!!!!!!!!!

POR QUÊ ??????????
- Porque a sua única e nobre e plena e vital e total MISSÃO é: A SALVAÇÃO!!!!!!!!

Ele não nos veio trazer juízo; não nos veio trazer condenação; nem nos veio julgar; pelo contrario, veio absolver, veio curar, veio salvar, veio dar o perdão, e a salvação e o refrigério do Senhor, e o seu amor e o Seu reino.
Acontece que, com tudo isso, o Senhor não veio ao mundo para CONDENAR os homens todos que não O reconhecessem ou cressem-NO.
- Não!!!!!
O Senhor jamais que CONDENARIA o homem por não crê-LO.
Sabe quem faz isso, ou seja, quem condena o homem, os homens, todos??????!!!!!!!!!!
A lei!
E ela, a lei, nem condena os homens pelo não crer em DEUS.
Ela condena os homens por cometerem aqueles males todos os quais eles estão demasiadamente cansados e cansados de os conhecer e também os cometer.

Deus nunca disse a Adão assim:
Adão, se você não me crer, certamente morrerás!
Deus disse: não coma desta árvore (do bem e do mal) para não morrer.
Então, a condenação vem pelo conhecimento do mal e pela sua prática!
Então, Cristo jamais condenaria ao homem por ele o recusar a crê-lo.
Porque o Senhor não faz isso.
A morte já está instituída e estabelecida no mundo pela prática e pelo conhecimento do mal por parte dos homens.
E Cristo veio salvar os homens desta sina, deste fim, desta destruição - não imputando, sobre estes, maior condenação por rejeitá-lo.
Alias diz assim:
Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho, não verá a vida mas a ira de Deus sobre ele permanece.
Ou seja, já há e já contém condenação mais do que suficiente na lei para os homens; o Senhor veio somente salvá-los; e quem a isso rejeitar, como disse Jesus, já está condenado, e condenado pela lei.
Então, a missão do Senhor no seu Testamento é a salvação; e quem a rejeitar, disse Jesus aos judeus:
Se não credes que eu sou morrereis nos vossos pecados.
Assim, após a era cristã, após as 70 semanas determinadas sobre Jerusalém e os judeus, então Cristo retorna a terra, mas agora é para destruir a era do pecado, as trevas, é a Pedra lançada sem mão, que fere a estátua nos seus pés - estátua essa que representa todos os impérios do mundo desde Babilônia até o último, então neste quesito Cristo vem p/ findar este século, findar este mundo de pecado, e cumprir uma outra cláusula da lei; o certamente morrerás - de Gêneses - dito pelo Senhor Deus, antes do pecado, a Adão.
Então, quando o Senhor vier, certamente morrerá - toda a carne - dando fim ao pecado, a transgressão e cessando o mal. Amém

Parar por aqui...
um abraço!

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1667
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 36
Pontos de participação : 3998
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Jefté em Ter 16 Jun 2015, 10:47

Olá  irmão Betho
A paz do Senhor!

Repito, Jesus cumpriu a Lei, não defendeu a mulher, defendeu a legalidade do processo de execução, porque Ele é a Verdade.

Eu sei muito bem que o Senhor não veio anular ou abolir a lei.
Também sei muito bem que o Senhor não veio enfraquecê-la ou tirar sua legalidade.
Porém há um MARCO a se estabelecer:
O do "olho por olho e dente por dente" e o do "EU PORÉM VOS DIGO".

Então, por exemplo; no que diz respeito ao olho por olho, o Senhor já de imediato intervia, cessando-o e proibindo-o, utilizando-se de Seu Poder e Luz para impedi-lo aos homens; exemplo, a mulher adúltera, e os discípulos a colherem espigas no sábado etc.

Mas quando era a legitimidade da lei em referência, por exemplo, até a seus rituais (os quais ainda eram totalmente válidos enquanto Ele estava no mundo) antes do Calvário, ele não os impedia nem os anulava (não havia chegado a hora), exemplo, os leprosos (quase todos) que ele os curava, os mandava apresentar-se aos sacerdotes, e apresentarem a oferta determinada por Moisés.
-Mateus 8.4
"Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho."
Marcos 1.44
"E disse-lhe: Olha, não digas nada a ninguém; porém vai, mostra-te ao sacerdote, e oferece pela tua purificação o que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho."


Que oferta era essa???

Levítico 14:1-20
"DEPOIS falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
2 Esta será a lei do leproso no dia da sua purificação: será levado ao sacerdote,
3 E o sacerdote sairá fora do arraial, e o examinará, e eis que, se a praga da lepra do leproso for sarada,
4 Então o sacerdote ordenará que por aquele que se houver de purificar se tomem duas aves vivas e limpas, e pau de cedro, e carmesim, e hissopo.
5 Mandará também o sacerdote que se degole uma ave num vaso de barro sobre águas vivas,
6 E tomará a ave viva, e o pau de cedro, e o carmesim, e o hissopo, e os molhará, com a ave viva, no sangue da ave que foi degolada sobre as águas correntes.
7 E sobre aquele que há de purificar-se da lepra espargirá sete vezes; então o declarará por limpo, e soltará a ave viva sobre a face do campo.
8 E aquele que tem de purificar-se lavará as suas vestes, e rapará todo o seu pêlo, e se lavará com água; assim será limpo; e depois entrará no arraial, porém, ficará fora da sua tenda por sete dias;
9 E será que ao sétimo dia rapará todo o seu pêlo, a sua cabeça, e a sua barba, e as sobrancelhas; sim, rapará todo o pêlo, e lavará as suas vestes, e lavará a sua carne com água, e será limpo,
10 E ao oitavo dia tomará dois cordeiros sem defeito, e uma cordeira sem defeito, de um ano, e três dízimas de flor de farinha para oferta de alimentos, amassada com azeite, e um logue de azeite;
11 E o sacerdote que faz a purificação apresentará o homem que houver de purificar-se, com aquelas coisas, perante o SENHOR, à porta da tenda da congregação.
12 E o sacerdote tomará um dos cordeiros, e o oferecerá por expiação da culpa, e o logue de azeite; e os oferecerá por oferta movida perante o SENHOR.
13 Então degolará o cordeiro no lugar em que se degola a oferta da expiação do pecado e o holocausto, no lugar santo; porque quer a oferta da expiação da culpa como a da expiação do pecado é para o sacerdote; coisa santíssima é.
14 E o sacerdote tomará do sangue da expiação da culpa, e o porá sobre a ponta da orelha direita daquele que tem de purificar-se e sobre o dedo polegar da sua mão direita, e no dedo polegar do seu pé direito.
15 Também o sacerdote tomará do logue de azeite, e o derramará na palma da sua própria mão esquerda.
16 Então o sacerdote molhará o seu dedo direito no azeite que está na sua mão esquerda, e daquele azeite com o seu dedo espargirá sete vezes perante o SENHOR;
17 E o restante do azeite, que está na sua mão, o sacerdote porá sobre a ponta da orelha direita daquele que tem de purificar-se, e sobre o dedo polegar da sua mão direita, e sobre o dedo polegar do seu pé direito, em cima do sangue da expiação da culpa;
18 E o restante do azeite que está na mão do sacerdote, o porá sobre a cabeça daquele que tem de purificar-se; assim o sacerdote fará expiação por ele perante o SENHOR.
19 Também o sacerdote fará a expiação do pecado, e fará expiação por aquele que tem de purificar-se da sua imundícia; e depois degolará o holocausto;
20 E o sacerdote oferecerá o holocausto e a oferta de alimentos sobre o altar; assim o sacerdote fará expiação por ele, e será limpo."


Mas quando era alguma lei que ia contra a Dele, qualquer vingança ou pena de morte ou desamor; ou seja, tudo o que não pertença ao Sua Lei, Lei de Cristo, lei de amor infinito, conforme o Senhor é; conforme diz: Não de deixes vencer do mal, ma vence o mal com o bem; e outra vez: por isso façamos bem a todos, mas principalmente a familia da fé.
Ou ainda: o amor não faz mal ao próximo, porque o cumprimento da lei é o amor.
Ou ainda: O amor é sofredor, é benigno, não é invejo.
Não trata com leviandade...
I Coríntios 13 - o amor de Cristo.

Qualquer lei levítica ou de Moisés que viesse suplantar ou superar ou ir de contra a LEI DE CRISTO - imediatamente o Senhor (que não negará a Si mesmo) não o deixava: exemplo: a mulher adúltera.
Quando ao conselho do Senhor a ela: "Vai-te e não peques mais"; é claro, queria que o Senhor a abandonasse sem sua Luz????

Em contrapartida, a Judas Iscariotes - que era um homem do maligno que não se arrependia, nem se arrependeria, e muito menos O cria, Ele lhe diz:
"O que fazes, faze-o depressa."
Contudo não o condenou nesta sua má obra - embora o tenha advertido - como Luz que é:
"Mas ele, respondendo, disse-lhes: É um dos doze, que põe comigo a mão no prato. Na verdade o Filho do homem vai, como dele está escrito, mas ai daquele homem por quem o Filho do homem é traído! Bom seria para o tal homem não haver nascido." (Mar. 14:20-21)



Última edição por Jefté em Ter 16 Jun 2015, 10:50, editado 1 vez(es)

Goncaze
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : Status :D
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 506
Idade : 34
Cidade/Estado : Cuiabá/MT
Religião : Cristianismo
Igreja : Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -1
Pontos de participação : 1685
Data de inscrição : 01/09/2011

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Goncaze em Ter 16 Jun 2015, 10:48

Jefté,

Você poderia resumir isto que disse na mensagem nº 07 em apenas 3 linhas? Mas, de forma ainda mais precisa, objetiva e direta? Peço isso só pra vê se posso enxergar por um outro ponto de vista o que vc está dizendo.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1667
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 36
Pontos de participação : 3998
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Jefté em Ter 16 Jun 2015, 10:54

Irmão,
Poderia me ajudar a fazê-lo???
c/ algumas dicas...

Goncaze
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : Status :D
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 506
Idade : 34
Cidade/Estado : Cuiabá/MT
Religião : Cristianismo
Igreja : Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -1
Pontos de participação : 1685
Data de inscrição : 01/09/2011

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Goncaze em Ter 16 Jun 2015, 11:03

Ok! Então, em quantas linhas consegue?

Não é para esquecer o que já foi escrito e reescrever em poucas linhas. Apenas, fazer o apanhado das ideias centrais. Tipo o quê os acadêmicos fazem no Abstract.

Rasabino
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1266
Idade : 49
Cidade/Estado : Cianorte
Religião : não tem
Igreja : eu
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 2761
Data de inscrição : 03/01/2014

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Rasabino em Ter 16 Jun 2015, 11:09

Graça e Paz a todos!

Não tenho quase nada acrescentar porque todos os demais post estão muito bem argumentos.

Goncaze escreveu:O quase-padre considera, equivocadamente, que o Centro desta história é a culpa e o suposto arrependimento da mulher e que a moral desta historia é: Se o pecador se arrepende, Jesus salva! Caso contrário, Jesus não salvará!

O que o Gongaze pode questionar junto ao "quase-padre", é se na Lei do adultério, havia a possibilidade de arrependimento por parte dos envolvidos afim de que não houvesse o apedrejamento. Isto porque Jesus não veio para abolir a Lei, mas para cumprí-la. Ainda que Ele nos tenha libertado da Lei mediante o seu sacrifício expiatório, aquela mulher ainda não estava debaixo da Graça, pois esta não havia sido concluída (Tetelestai/ está consumado).

Vemos a sabedoria de Jesus e uma oportunidade ímpar para aquela mulher. Jesus não pode desfazer da Lei. Não foi testemunha do adultério e portanto não podia pegar nas pedras até que as verdadeiras testemunhas atirassem a "PRIMEIRA" pedra.

Na minha opinião, as "verdadeiras testemunhas" por se tratarem de escribas e fariseus, cometeram o erro de não trazer junto o adúltero, haja vista que para se ter um apedrenamento é necessário, segundo a LEI, que tenha sido pego EM FLAGRANTE. Se pegaram em flagrante cadê o adúltero?

Podemos concluir algumas coisas. Aquela mulher pode ter sido usada pelos escribas e fariseus através de um adultério forjado. Não estando presente o adúltero, a legalidade do apedrejamento se desfaz, o que invalida a palavra das "verdadeiras testemunhas" colocando-se sob pena de falso testemunho. Assim, quem não tem pecado (entre as testemunhas) que ATIRE A PRIMEIRA PEDRA.

Talvez aqui eu posso entender que Jesus é onisciênte. Pois para expor a mulher ao apedrejamento era necessário que ele soubesse de ante-mão o que de fato ocorreu.

Penso que a verdade sobre o que ocorreu Jesus escreveu na areia! Wink

Sabemos que todos nós temos pecados e são registrados (escritos na areia), mas logo são apagados quando o "mar da Graça" chega até nós!

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1667
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 36
Pontos de participação : 3998
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Jefté em Ter 16 Jun 2015, 11:23

Olá irmãos

Goncaze, me pondo em apuros....
Tentarei fazer uma exposição c/ idéias.... (se não der certo, depois tentemos de novo)

O Senhor Deus criou ao homem para a glória de Deus!
Não o criou para fazer-lhe mal; não o criou para lhe escravizar! Não o criou para lhe obrigar a Lhe amar!
Também, o Senhor Deus não criou ao homem com a obrigação de este O crer!
Também não criou ao homem para este fazer o mal, embora não o privasse da liberdade de o conhecer - só que isso lhe traria a morte!
Ok - isso seria a lei

E na lei, o amor a Deus embora fosse apregoado, mas Deus nunca o exigira aos judeus, porque sabia que isso lhes era impossível por ela, aliás, somente pela fé isso ficava mais cumprível, exemplo, Davi.

Então, veio o Salvador dos homens....
Cristo.
E o Senhor é que a Plenitude da Divindade, o Qual habitava-lhe corporalmente em toda a plenitude, veio ao mundo c/ o objetivo em DAR A VIDA, salvar, amar, purificar, perdoar, regenerar - EM SUMA - realizar algo que só Deus o pode fazer: que é dar vida - ou seja, o extremo contrário ao que viera realizar o LADRÃO, aquele que veio senão a roubar, e a matar e a destruir.

Então, neste quesito - o Senhor parava até a lei de Moisés - com todos os seus js e tis, quando estes se opunham a SUA MISSÃO - que é e era e sempre será - como SUMO SACERDOTE ETERNO SEGUNDO A ORDEM DE MELQUISEDEQUE - dar a sua vida (lembrando que Ele tanto é o SUMO SACERDOTE - quanto o CORDEIRO a ser sacrificado pelos homens).
Então, sendo que o SENHOR VEIO DAR A SUA VIDA em RESGATE DE MUITOS - como Ele permitiria o DANO, E O ROUBO E A DESTRUIÇÃO e a CONDENAÇÃO dos pecadores sendo que Ele veio ao mundo para unicamente dar-se a SI mesmo por eles???:
Ou seja, era DEUS se dando, dando o Seu Filho pelo mundo.

"Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia." (Luc. 9:56)

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1667
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 36
Pontos de participação : 3998
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Jefté em Ter 16 Jun 2015, 11:48

O que o Gongaze pode questionar junto ao "quase-padre", é se na Lei do adultério, havia a possibilidade de arrependimento por parte dos envolvidos afim de que não houvesse o apedrejamento. Isto porque Jesus não veio para abolir a Lei, mas para cumprí-la. Ainda que Ele nos tenha libertado da Lei mediante o seu sacrifício expiatório, aquela mulher ainda não estava debaixo da Graça, pois esta não havia sido concluída (Tetelestai/ está consumado).
Rasabino
O ladrão da cruz esteve diante do Senhor, também antes do Calvário.
Acontece que a Missão de Cristo é a Missão de Cristo.
E ela começa a partir do seu batismo.
E o Senhor não se negava a Si mesmo quando esteve e quando estava bem diante dos homens, dos mais pecadores que sejam ou fossem, quando esteve aqui, diante deles, em suas casas e em suas vidas.
Aliás, aquilo era o encontra - na terra - entre o homem e o seu DEUS!
Então, por quê, Ele, ao encontrá-los NÃO os daria AQUILO que Ele veio-lhes a DAR?????
Sabe o que ELE veio-lhes a DAR????????

A SI MESMO!
Quem é ELE?????

Ele mesmo o diz:
"Na verdade, na verdade vos digo: Se alguém receber o que eu enviar, me recebe a mim, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou." (João 13.20)

"Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou." (Mat. 10:40)

"Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;" (I Cor. 1:30)

Então, receber a Cristo (não importando se antes ou depois da crucificação); receber a CRISTO JESUS - no dia que se chama hoje, desde quando Ele iniciará o seu MINISTÉRIO neste mundo -no seu batismo - não importando se já não houvera sido crucificado - representava, significava RECEBER A DEUS.
Reconciliar, estar com Deus, recebê-lo EM ESPÍRITO E EM VERDADE - porque foi para isso que CRISTO NOS VEIO.

Então, se no provar da arvore proibida o homem foi separado do seu DEUS, ao receber a CRISTO, o homem novamente O recebera, pela fé, e pelo evangelho, pela presença de Cristo na nossa vida, na nossa história.
João 1:12-13

Em suma:
A mulher já estava na graça.
É por isso mesmo que o Senhor só não cansou de PERDOAR AOS PECADORES durante o evangelho TODOS OS SEUS PECADOS - porque Ele não se cansa jamais de perdoar.
E só não perdoou mais almas, porque aquelas eram as que LHE VIRAM, ou melhor, viram A SUA LUZ.
As quais, como Ele declarou: tinham sido ou tido, todos os seus pecados perdoados - isso muito antes do calvário.
Por quê???
Porque Ele é a SALVAÇÃO, e qualquer que O receba - não importa o tempo presente, nem a lei que vigore neste tempo.
Jesus é a SALVAÇÃO!
E não tem mudança; pois é o mesmo ontem, e hoje, e sempre; e Sumo Sacerdote Eterno segundo a ordem de Melquisedeque.
Amém!
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4247
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 152
Pontos de participação : 17225
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Norberto em Ter 16 Jun 2015, 11:50

.
Clique no seguinte link para conhecer/rever um tópico com certa semelhança:

> João 8, sobre a mulher adúltera, existe no texto original?

.

Conteúdo patrocinado

Re: Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Ter 23 Maio 2017, 11:40