F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Aquele dia no CALVÁRIO

Compartilhe

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2017
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5093
Data de inscrição : 29/11/2008

Aquele dia no CALVÁRIO

Mensagem por Edison em Sex 18 Abr 2014, 11:10

AQUELE DIA NO CALVÁRIO

HINO: Aquele dia no Calvário
https://www.youtube.com/watch?v=qDs9TrDuyLA


Nós temos ouvido muito a respeito disto. Lemos muito sobre isto. Pregadores têm falado sobre isto desde o princípio dos tempos.
Cantores têm cantado sobre isto através das eras. Profetas predisseram isto quatro mil anos antes disto acontecer e os profetas deste dia apontam de volta quando isto aconteceu.

É um dia muito importante.
É um dos dias mais importantes de todos os dias que Deus deixou na terra.

O homem foi encontrado culpado do pecado e o pecado era uma pena que nenhum homem poderia pagar.
A pena era tão grande até ao ponto de não haver ninguém que poderia paga-la.

Eu verdadeiramente creio que Deus ordenou isto assim.  A pena seria tão grande, que nenhum homem poderia paga-la. Então Ele pode faze-lo. Ele mesmo.


O pecado não começou na terra. O pecado começou no céu.
Lúcifer, o diabo, era uma criatura condenada por sua desobediência antes dele chegar a terra.
O pecado começou no céu, onde Deus colocou os anjos sobre as mesmas bases que Ele coloca os seres humanos.

Quando o pecado atingiu a terra lá no princípio foi como um lençol negro caindo dos céus.
Isto literalmente paralisou a terra. Isto lançou a cada criatura da terra e toda a criação de Deus em cativeiro.
O homem estava sob o cativeiro da morte, enfermidade, problemas, tristezas.
Toda a natureza caiu com isto. O pecado foi um anestésico que realmente paralisou a terra.
Estávamos assentados aqui, sem esperança, porque cada criatura na terra estava sujeita a isto e cada um nascido na terra estava sujeito a isto.


Então tinha de vir de algum lugar onde não havia nenhum pecado. Isto não podia vir da terra. Um de nós não poderia redimir ao outro.

Então, quando o homem viu que estava separado do seu Deus, ele se tornou um peregrino.
Eles prantearam, eles choraram, eles lutaram, eles peregrinaram através das montanhas, através do deserto, procurando uma cidade cujo Construtor e Artífice era Deus.
Porem ele sabia que se voltasse para a presença de Deus, ele poderia falar isto outra vez com Ele.

Mas ali não havia nenhum caminho para voltar.
Ele ficou perdido.
Ele não sabia para que lado virar. Então ele simplesmente saiu peregrinando, tentando encontrar em outra parte aquilo que ele pôde encontrar naquele lugar lá atrás.
Algo do lado de dentro dele lhe dizia que ele veio de um lugar que era perfeito.

Há uma busca por essa perfeição. O pecador continua peregrinando porque ele busca essa perfeição.

Você paga suas contas e acha que aquilo está encerrado.

Logo alguém fica doente em sua família. Quando a enfermidade melhora logo você tem mais contas para pagar.

Depois você nota que seus cabelos estão ficando brancos, então você deseja ficar jovem e pinta-os.

Uma jovem corta um pouco seus cabelos, pinta sua face para fazer-se bonita, coloca roupas para mostrar a forma de seu corpo.

Os jovens fazem a mesma coisa para a mulher. Eles  tentam estar atraentes para elas.

O seu vizinho constrói uma casa e a coloca de uma determinada maneira porque ela terá melhor aparência que a casa do outro vizinho.

É assim o tempo inteiro. Estamos procurando por algo.


Uma jovem encontrará outra jovem mais bonita e mais popular que ela.
O vizinho encontrará uma casa com melhor aparência que a dele.
Uma mulher encontrará outra mulher vestida de certo modo que lhe parecerá melhor do que ela está vestida.

Há algo dentro de nós que mostra que estamos procurando por algo e isto mostra que estamos perdidos.
Estamos procurando aquele algo que nos trará àquela satisfação que preencherá aquele ponto de fome ali, mas parece que não podemos encontrar isto.

Os seres humanos tentaram isto através das eras. Eles choraram por isto. Eles fizeram tudo que sabiam fazer, mas não encontraram e continuaram vagueando pelo mundo.


Finalmente um dia......este foi aquele grande dia no Calvário. Ali estava Um que desceu da Glória. Um chamado Jesus Cristo o filho de Deus o qual desceu da Glória e o Calvário foi formado, foi estabelecido.

Aquele foi o dia em que o preço foi pago e a questão sobre o pecado foi encerrada para sempre. Foi aberto o Caminho para esta coisa que eles estavam sedentos e famintos.

Não há ninguém que tenha visitado o Calvário e visto como ele é, que consiga ser o mesmo.
Tudo o que ele já desejou ou ansiou é encontrado no dia em que Jesus morreu no Calvário e pagou a dívida do pecado.
Este foi o dia muito importante. Isto foi algo tão importante que estremeceu o mundo como nunca.


Este mundo pecaminoso ficou completamente escuro. O sol desceu no meio dia e teve uma prostração nervosa. As rochas estremeceram. As montanhas se despedaçaram. Os corpos dos mortos saíram das sepulturas.
O que isto fez?

Deus foi à zero no Calvário.

Ele feriu aquele animal chamado satanás para sempre. Agora ele tem sido mais malvado desde então porque isto trouxe Luz para a raça humana. E, qualquer um sabe que um animal ferido é mais perigoso.....rastejando por aí com sua coluna quebrada.

O maior preço já foi pago. E, o Único que poderia pagar aquilo, veio e o fez ali no Calvário. Foi ali onde o grande preço foi pago.

Deus tinha requerido isto. Ninguém era digno. Ninguém era capaz. Ninguém podia faze-lo.

E Deus, Ele mesmo, veio e foi feito humano, viveu uma vida sob os desejos humanos e foi crucificado no Calvário, bem ali, quando satanás pensou que ele não faria isto. Ele não passaria por isto (pensou satanás).

Ele foi para o Getsêmani e cada tentação que homem algum já suportou, Ele passou por isto exatamente como todos os homens. Mas Ele pagou o preço e foi isto que escureceu a terra......como uma anestesia para uma operação.


Quando um médico aplica um anestésico em um homem, ele primeiro tem que derruba-lo antes dele o operar.
Foi quando Deus deu a operação para a Igreja, o mundo teve um anestésico.
A natureza teve uma convulsão.

Não é de se admirar? Deus na carne humana estava morrendo.

Isto foi a hora que o mundo esperava, mesmo assim muitos deles não sabiam disto.
Exatamente como é hoje, eles não vêem isto e procuram uma saída nos prazeres e coisas do mundo.

Havia muitas placas apontando para aquele dia. Muitos grandes presságios que foram pré-anunciados pelo cordeiro, através do boi, através da pomba, porem isto não poderia romper aquilo.
Isto não poderia romper aquela prisão de morte.
Deus colocou nas mãos do homem outro Caminho, o caminho que ele estava procurando.

Ele não tem que chorar mais, pois Ele quebrou a espinha de satanás ali no Calvário....a coluna do pecado, da enfermidade......isto traz cada ser mortal da terra de volta a presença de Deus com os pecados perdoados.

Aleluia! Nossos pecados estão perdoados!

Satanás não pode nos obscurecer mais de Deus.
Há Um Caminho feito.
Há um telefone ali.
Há uma linha para a Glória.

Glória! Você não tem que dizer “Eu não sou digno”. Certamente você não o é. Você nunca poderia ser.

Mas um que é digno tomou o seu lugar.

Você está livre.

Você não tem que se preocupar mais.

Você não precisa ser um homem buscador de prazeres aqui na terra.


(Hino):HÁ UMA FONTE CHEIA DE SANGUE,
QUE CORRE DAS VEIAS DE EMANUEL
ONDE PECADORES MERGULHAM ABAIXO DAS ÁGUAS
E PERDEM TODAS SUAS MANCHAS DE CULPA
.

Você não tem que estar perdido.
Há Um Caminho e um Caminho do alto.
Ele é chamado “o Caminho da santidade”.
O imundo não passará sobre ele, pois ele vem primeiro à fonte e então entra pelo Caminho do Alto.

Ele rompeu os poderes de satanás.
Ele abriu as portas da prisão do inferno.

No Calvário Ele abriu aquelas portas das celas e permitiu que cada cativo fosse libertado.
Você não precisa mais ser partido pelo pecado. Você não tem mais que entregar seus membros para o pecado, bebendo, fumando, jogando, mentindo.

Você pode ser honesto, justo, direito e satanás nada pode fazer a respeito disto porque você está seguro na linha da Vida. Está ancorado na Rocha das Eras.
Nada pode te mover disto.
Nenhum vento pode te abalar.
Nada, nem mesmo a morte, pode nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus.

Nunca houve um dia como aquele.
Nunca haverá outro dia como aquele.
Não é mais necessário.
O preço está pago e estamos redimidos.

Graças a Deus! Estamos redimidos.


Você não tem que se preocupar mais.
Não há mais nenhuma conjectura sobre isto. Está tudo tirado. O véu foi tirado, a cortina foi puxada e fomos colocados no Caminho do Alto para não nos preocuparmos mais, mas para crermos e simplesmente seguirmos em frente.

Aquele Dia no Calvário foi o golpe mortal no poder de satanás.

Aquilo terminou com tudo. Eu O posso ver ali.
Ele era o Cordeiro do Éden na primeira sombra quando Abel pela fé ofereceu para Deus um sacrifício melhor do que o de Caim.
Ele era o cordeiro que Daniel viu que, sem mãos, foi executado ali no monte. Ele era o “círculo no meio do círculo” para os profetas.
Tudo o que eles tinham previsto foi encontrado ali naquele dia no Calvário.

Isto é o que o Calvário significa. Homens que estavam em cativeiro foram libertos.
Homens que uma vez estavam sob o temor da morte não precisam mais temer a morte.
O homem que anseia por uma cidade cujo Artífice e Construtor é Deus, pode agora andar no Caminho do Alto e erguer a sua face em direção ao céu, porque ele está livre.

Aleluia!


Ele está redimido. Ele não precisa se preocupar mais. Nossos pecados acabaram Aquele Dia no Calvário.

Aquele Dia no Calvário nos coloca diretamente na grande presença de Deus.

Amém.

HINO: Porque Ele vive
https://www.youtube.com/watch?v=B5-Y7Wq37iY


Tópicos extraídos da mensagem “AQUELE DIA NO CALVÁRIO” pregada por W. Branham no Tabernáculo Branham no dia 26/09/1960 em Jeffersonville, Indiana – USA.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Aquele dia no CALVÁRIO

Mensagem por Jefté em Sex 18 Abr 2014, 12:52

Como vai Edson?
Tudo bem?
Quanto tempo não nos envolvemos nos debates, hein?

Gostei muito da explanação, embora não concorde 100% com os fundamentos nela englobados, pois Creio em Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!
Porém, creio sim, que Deus e unicamente Deus poderia vencer algo impossível de ser vencido: Pagar o pecado (pelo pecado) e ainda num mundo do pecado, e de um modo onde o pecado era invencível!
Porque deveras somente Deus podia vencer (e venceu) a lei do pecado; lei essa, que não somente era poderosa em si por si mesma; mas pela palavra de Deus que estabelecera, que após homem quebrantar único mandamento (a ele) dado; certamente morreria; então, a única lei a prevalecer sobre a carne (até então, sem morte, mas pós pecado, mortal); então a única lei a prevalecer sobre esta carne - por força da palavra de Deus - era o pecado que a induz e conduz à morte.
Sendo impossível a qualquer criatura DESFAZER tal lei (por sua própria força e grandeza), senão Unicamente Aquele que é o Autor dela) a saber: o Autor e Consumador da fé; o mesmo ontem, hoje e sempre; o Príncipe da Paz; o Autor da Vida; o Caminho, a Verdade e a Vida; a Ressurreição e a Vida; o Príncipe da Vida; o Pão da Vida; o Pão que desceu do céu; a Água da Vida; o Leão de Judá; a Raiz de Davi; o Cordeiro de Deus; o Unigênito Filho de Deus; o Verbo que se fez carne; o Senhor dos Senhores e Rei dos reis; Aquele que nos amou e em seu sangue nos lavor, e a Ele seja a glória e o poder sempterno, amém!

E um pequeno pontinho que discordo na sua postagem:

Ele rompeu os poderes de satanás.
Ele abriu as portas da prisão do inferno.

As vezes ao lermos isso, podemos interpretar como se Satanás pelo seu grande poder detivesse o reger das coisas, ditando; ordenando as coisas; necessitando que o Senhor viesse lutar, para poder vencê-lo!
Mas não é assim jamais.

Todo o poder era e é do Senhor; Satanás apenas faz uso da lei e da força desta lei; lei que nos era contrária, oposta; pois partira de Deus a nós; nos tornando mortais, e pecadores, destituídos da glória de Deus; mas não pela força e poder de Satanás; mas pela autoridade e ordem da Palavra de Deus, dizendo-nos: "não faças isso, porque no dia em que fizeres, certamente morrerás".
Então toda a força do pecado, e da morte (e até mesmo do inferno) se origina (não do Diabo), mas da palavra de Deus, que assim ordenou que se nos viesse, caso desobedecêssemos.
Então, Satanás, como foi o autor a induzir-nos nesse maligno e desventuroso ato; trouxe-nos toda a ira e cumprimento da palavra de Deus, contrária a todo o nosso bem trazendo-nos toda a desgraça...
E, após tudo isso (de parte da palavra de Deus, pela lei) ainda se nos assenhorou, pois nos tornamos imprestáveis a Deus; e trevas, ou seja, passamos p/ o seu reino; o reino das trevas, sendo portanto, agora mortais e pecadores,  condenados perpétua destruição; e Satanás nos passou a ser Senhor; pois fomos vendidos sob o pecado. Amém!

Então, na verdade, o Senhor lutou contra si mesmo, contra a Sua palavra; recebendo em Si, toda a força do pecado quando viveu como homem na carne de pecado (mas sem pecado), trazendo-nos a vitória, pela derrota do pecado na carne de pecado; vencendo a Satanás no seu mundo, na sua esfera, a do pecado; levando sobre Si toda a nossa culpa; e recebendo em Sua Carne toda a ira da lei, dirigida a nós pecadores; pois o miserável pecador devia morrer (por lei e pela lei) sem misericórdia alguma - para pagar seu pecado na morte.
Então, Satanás só detinha poder sobre nós, por que éramos destituídos, desgraçados, ímpios, transgressores da lei; mortais, mundanos, pó feito alma vivente; e também detém poder sobre os anjos, os que foram por ele seduzidos...
Mas hoje o Senhor nos há comprado por seu sangue.
Amém!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2017
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5093
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Aquele dia no CALVÁRIO

Mensagem por Edison em Sex 18 Abr 2014, 22:31

Olá precioso irmão Jefté, continuamos combatendo o bom combate e pela Graça guarda a fé.

Não entendi direito com o que você discordou do texto, mas a verdade é que Jesus saiu vitorioso. Saiu vitorioso do quê? Ele saiu vitorioso de uma batalha. Uma batalha cujo objetivo principal era redimir seus filhos que por causa do pecado estavam detidos, feitos cativos num cativeiro (Ef. 2:1-6, 4:7-10).

Você disse:
Então, Satanás só detinha poder sobre nós, por que éramos destituídos, desgraçados, ímpios, transgressores da lei; mortais, mundanos, pó feito alma vivente; e também detém poder sobre os anjos, os que foram por ele seduzidos...
Mas hoje o Senhor nos há comprado por seu sangue.
Amém!

Satanás detinha poder sobre nós, como você bem destacou. E esse poder de satanás nos mantinha cativos. Ele mantinha os aguilhões da morte nos prendendo. Ele soube usar, se aproveitar, tomar ocasião das consequências do pecado em Genesis 3.
A vida estava detida nos domínios de satanás. Precisávamos de um Libertador. Precisávamos de um Boaz para quitar nossa dívida e nos levar para as bodas.
Somente UM poderia fazer isso. E esse UM foi Aquele que estabeleceu a lei da morte para todo aquele que pecasse.

Então Deus se fez Emanuel (Deus conosco) para quitar a nossa dívida. Tinha de ser um parente próximo (um Boaz), um homem, sem pecado, um homem que nascesse, não pela via de Cai, ou Abe, ou Sete, ou nós. Mas um homem nascido pela mesma vida do primeiro Adão.
Assim Deus se fez carne. Deus se fez Emanuel. Deus conosco. Não segunda pessoa da trindade conosco. Mas Deus conosco.

E o Calvário, foi o caminho que Ele percorreu. Ele morreu, o Emanuel morreu, desceu às partes baixas da terra, resgatou as chaves da morte e do inferno (Apoc. 1:Cool, libertou os cativos e na páscoa retoma seu corpo morto, vivifica-o, liberta os cativos (Mat. 27:52-53), e desobstrui o Caminho que impedia o acesso à Árvore da Vida (Gen. 3:24).

Contudo, concordo com você olhando pelo seu prisma. Mas precisamos de um olhar bem criterioso, porque senão somos obrigados a concluir que Jesus morreu na cruz por Ele mesmo, se considerarmos que a Igreja é Seu corpo.




Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2017
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5093
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Aquele dia no CALVÁRIO

Mensagem por Edison em Sex 03 Abr 2015, 09:31

Resgatei este tópico de abril de 2014 por trazer um texto (pag. 1) que retrata o que aconteceu nesta data a 2.000 anos atrás.

Foi o advento que teve repercussão e consequências no céu, na terra e no inferno. E, nós crendo ou não, estamos de alguma forma vivendo os resultados daquele dia, independente da nossa atitude em relação ao ele.

Boa leitura e boa reflexão.

Hino: O AMOR DO CALVÁRIO
Canta: ARAUTOS DO REI
https://www.youtube.com/watch?v=NpkaAMKCqJ4

Conteúdo patrocinado

Re: Aquele dia no CALVÁRIO

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sab 19 Ago 2017, 15:48