F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Compartilhe
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Norberto em Dom 07 Abr 2013, 14:46

.
Ao ser confrontado pelo profeta, Davi, contrito, se arrependeu profundamente

As "Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi? Se ele não as usou, por receber perdão direto, essa atitude comprometeu o povo e as próprias leis?


As Leis de ofertas pelo pecado e pela culpa estão delineadas nos capítulos 4.1- 6.7 do livro de Levítico. Em Levítico 4.22-26, há instruções para aquele governante que tenha cometido pecado "por ignorância", ou seja, pecado culposo. O delito de Davi (adultério seguido de homicídio) não se enquadrava nessa descrição por ser um pecado "doloso", e os sacrifícios não serviam de base para a expiação desses pecados. (Números 35.31,32; 15.22-31; 1 Samuel 3.14; Êxodo 21.14; Deuteronômio 1.43; 17.12-13;18.20-22; Salmo 19.13; 2 Pedro 2.10).

Durante boa parte da história de Israel, sempre teve um dia para as cerimônias de expiação. Esse dia especial afirmava um profundo senso de pecado e a compreensão de que apenas Deus podia resolvê-lo (Levítico 16.1-34, Números 29.7-11, Ezequiel 45.18-21). Nesse dia, o sumo sacerdote era o único que tinha permissão para entrar no lugar santíssimo (santo dos santos) e oferecer sacrifícios por seus próprios pecados e pelo pecado do povo. O meio de perdão definitivo, entretanto, só veio com o Novo Pacto estabelecido pelo sangue de Cristo e pelo poder da sua ressurreição.

Mas, voltemos a Davi. Ele sabia da sentença divina para quem cometia o tipo de pecado que cometeu (2 Samuel 12.5). Todavia, ao ser confrontado pelo profeta Natã (2 Samuel 12), Davi, contrito, se arrependeu profundamente. E foi justamente nessa ocasião que escreveu os Salmos 32 e 51, uma expressão de profunda convicção de pecado. Ele recebeu o perdão de Deus (2 Samuel 12:13; Oséias 14.4), mas as conseqüências de seu erro perduraram, e foram vistas por todo o povo: instabilidade, incesto e mortes na família de Davi. A vida é uma semeadura: se semearmos a desobediência a Deus, ceifaremos infelicidade e toda sorte de males (Gálatas 6.7).

Fonte: Seção ICP Responde da Revista Defesa da Fé - agosto/2001
.

Márcio
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1142
Idade : 44
Cidade/Estado : Porto Alegre - RS
Religião : Cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 51
Pontos de participação : 2808
Data de inscrição : 17/04/2010

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Márcio em Seg 08 Abr 2013, 11:55

Norberto,

Independente do perdão ou não pelo pecado do Rei.

Observe o que deveria ter lhe acontecido na ocasião:

Levítico 20:10: "Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera"

Porque Deus livrou a cara de Davi?

Márcio
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 51
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Devaney em Seg 08 Abr 2013, 13:05

Márcio,

Certamente que muitas vezes nem o povo seguiu a Lei de Deus e nem Deus foi enfático na aplicação das penalidades impostas, justamente para demonstrar ao povo que "as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos".

O arrependimento de Davi era o que Deus queria, e não a morte do transgressor:

Mas se o ímpio se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e proceder com retidão e justiça, certamente viverá; não morrerá. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou viverá. Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva? Ezequiel 18:21-23

Dizem que o princípio do perdão incondicional de Deus diante do arrependido aparece somente do Novo Testamento, mas o que dizer dessa passagem abaixo, onde Deus se referia a um povo que tinha saído do Egito e que já tinha sido rebelde, feito bezerro de ouro, murmurado contra Moisés, etc:

Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?
Eis que recebi mandado de abençoar; pois ele tem abençoado, e eu não o posso revogar. Não viu iniqüidade em Israel, nem contemplou maldade em Jacó; o SENHOR seu Deus é com ele, e no meio dele se ouve a aclamação de um rei. Deus os tirou do Egito; as suas forças são como as do boi selvagem. Pois contra Jacó não vale encantamento, nem adivinhação contra Israel; neste tempo se dirá de Jacó e de Israel: Que coisas Deus tem realizado! Números 23:19-23


Vamos analisar também pelo Novo Testamento: Ananias e Safira caíram mortos dentro de uma igreja por mentirem em questão de oferta. Mas será que somente eles é que pecaram pela mentira ou soberba, desde aquela época? Por que não caem mais mortos nos templos de hoje, em questões similares? Só pode ser a misericórdia de Deus...

Márcio
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1142
Idade : 44
Cidade/Estado : Porto Alegre - RS
Religião : Cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 51
Pontos de participação : 2808
Data de inscrição : 17/04/2010

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Márcio em Qui 11 Abr 2013, 14:34

Devaney,

Segue comentários:


Certamente que muitas vezes nem o povo seguiu a Lei de Deus e nem Deus foi enfático na aplicação das penalidades impostas, justamente para demonstrar ao povo que "as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos".

Isto significa que a divindade é complacente com o descrédito da legislação que ele mesmo instituiu?


O arrependimento de Davi era o que Deus queria, e não a morte do transgressor:

É um pouco diferente da instrução de Deus para as situções relativas à Israel:

Deuteronômio 19:21. Não tenham piedade. Exijam vida por vida, olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé.

Minha grande pergunta é: Porque Deus o privilegiou?

Porque o "próximo" era um hitita?

Porque já tinha lhe prometido longevidade/descendência/bençãos?



Mas se o ímpio se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os meus estatutos, e proceder com retidão e justiça, certamente viverá; não morrerá. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou viverá. Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva? Ezequiel 18:21-23

Em Ezequiel, já estamos na decadência do povo, que obviamente já tinha se desviado do propósito inicial da lei de Moisés.

O apelo de Deus, neste caso, é para que este povo corrompido se volte para ele, acenando com o perdão. Mas não significa que o propósito inicial da lei estava perdido.


Dizem que o princípio do perdão incondicional de Deus diante do arrependido aparece somente do Novo Testamento, mas o que dizer dessa passagem abaixo, onde Deus se referia a um povo que tinha saído do Egito e que já tinha sido rebelde, feito bezerro de ouro, murmurado contra Moisés, etc:

Incondicional mesmo?
Ou condicionado a ser reconhecido como Deus, ou a se voltar para Jeová?

São vários textos do antigo testamento onde se lê: SE, fizeres isto... então farei aquilo... . Isto não é incondicional.

Márcio
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 51
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Devaney em Qui 11 Abr 2013, 17:14

Isto significa que a divindade é complacente com o descrédito da legislação que ele mesmo instituiu?
Sim, vejo que Deus foi muito complacente, mesmo tendo dado ordenanças duras da Lei, e ainda o é. O fato de que Israel repetidas vezes saiu da presença de Deus (no livro dos Juízes há pelo menos 5 situações onde foram conquistados por nações estrangeiras, somando-se o tempo, dá 93 anos de servidão porque foram rebeldes a Deus) mas mesmo assim, ao clamar o retorno a Deus, Ele os recebia novamente.
Quer um exemplo de complacência divina?
Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus. 1 João 3:9
Como está a sua vida diante de Deus? Completamente sem pecado? EU SEI que vc vai me dizer que Deus permite arrepender-se, pedir perdão, etc... mas não era isso que Ele sempre quis, mesmo na época da Lei?

Veja um caso pior ainda... Manassés. Dá para acreditar que Deus teve misericórdia de um CRÁPULA desses? Mas teve...

Tinha Manassés doze anos de idade, quando começou a reinar, e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém. E fez o que era mau aos olhos do SENHOR, conforme às abominações dos gentios que o SENHOR lançara fora de diante dos filhos de Israel. Porque tornou a edificar os altos que Ezequias, seu pai, tinha derrubado; e levantou altares aos Baalins, e fez bosques, e prostrou-se diante de todo o exército dos céus, e o serviu. E edificou altares na casa do SENHOR, da qual o SENHOR tinha falado: Em Jerusalém estará o meu nome eternamente. Edificou altares a todo o exército dos céus, em ambos os átrios da casa do SENHOR. Fez ele também passar seus filhos pelo fogo no vale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira. Também pôs uma imagem de escultura do ídolo que tinha feito, na casa de Deus, da qual Deus tinha falado a Davi e a Salomão seu filho: Nesta casa e em Jerusalém, que escolhi de todas as tribos de Israel, porei o meu nome para sempre. E nunca mais removerei o pé de Israel da terra que destinei a vossos pais; contanto que tenham cuidado de fazer tudo o que eu lhes ordenei, conforme a toda a lei, e estatutos, e juízos, dados pela mão de Moisés. E Manassés tanto fez errar a Judá e aos moradores de Jerusalém, que fizeram pior do que as nações que o SENHOR tinha destruído de diante dos filhos de Israel. E falou o SENHOR a Manassés e ao seu povo, porém não deram ouvidos. Assim o SENHOR trouxe sobre eles os capitães do exército do rei da Assíria, os quais prenderam a Manassés com ganchos e, amarrando-o com cadeias, o levaram para babilônia. E ele, angustiado, orou deveras ao SENHOR seu Deus, e humilhou-se muito perante o Deus de seus pais; E fez-lhe oração, e Deus se aplacou para com ele, e ouviu a sua súplica, e tornou a trazê-lo a Jerusalém, ao seu reino. Então conheceu Manassés que o SENHOR era Deus. E depois disto edificou o muro de fora da cidade de Davi, ao ocidente de Giom, no vale, e à entrada da porta do peixe, e ao redor de Ofel, e o levantou muito alto; também pôs capitães de guerra em todas as cidades fortificadas de Judá. E tirou da casa do SENHOR os deuses estranhos e o ídolo, como também todos os altares que tinha edificado no monte da casa do SENHOR, e em Jerusalém, e os lançou fora da cidade. E reparou o altar do SENHOR e ofereceu sobre ele sacrifícios de ofertas pacíficas e de louvor; e ordenou a Judá que servisse ao SENHOR Deus de Israel. Contudo o povo ainda sacrificava nos altos, mas somente ao SENHOR seu Deus. O restante dos atos de Manassés, e a sua oração ao seu Deus, e as palavras dos videntes que lhe falaram no nome do SENHOR Deus de Israel, eis que estão nas crônicas dos reis de Israel. E a sua oração, e como Deus se aplacou para com ele, e todo o seu pecado, e a sua transgressão, e os lugares onde edificou altos, e pôs bosques e imagens de escultura, antes que se humilhasse, eis que estão escritos nos livros dos videntes. E dormiu Manassés com seus pais, e o sepultaram em sua casa. Amom, seu filho, reinou em seu lugar. 2 Crônicas 33:1-20

Sobre sua outra frase, perdão incondicional, eu me referi ao fato que o povo de Israel tinha feito coisa feia demais e Deus manda Balaão dizer: "Não vejo iniquidade em Israel". Sim, eu sei que há condicional, que é CRER EM JESUS e SEGUI-LO. Mas foi mais para ressaltar que por nossas obras mesmo, estávamos perdidos.

Nós estamos falando de Davi, eu citei Manassés. Isso responde à sua pergunta se era apenas com Davi a paciência de Deus, já que Manassés não tinha promessa alguma, nenhuma benção especial para ele. Era um perfeito ANÔNIMO para bençãos e só ficou conhecido pela baixaria que fez em Israel.

Também caberia a pergunta: porque Deus esperou Manassés 53 anos de pecado grave assim? Só consigo entender que Deus, Onisciente, sabia que havia uma chance daquela alma não ir para o inferno. Realmente, não sei.

E pergunto mais ainda: será que foi somente para esses dois homens que Deus não foi implacável? E no meio do povo... quantos perdões de Deus ficaram no anonimato?

Seria a mesma quantidade de cristãos hoje que dão uma "escapadinha" no mundo e voltam depois?

Acho que não nos cabe querer dizer que Deus foi incoerente, mas sim que Ele foi é complacente, paciente e misericordioso.

Tal como ainda é conosco... pois nós, diferente de Davi, sabemos quem é Jesus, recebemos o Espírito Santo, vimos milagres de Deus nos nossos dias... muito será cobrado de nós, mais do que daqueles homens do passado.

Sob certo ponto de vista, nós, cristãos "meia-boca" de hoje, somos piores do que Davi, que adulterou e matou.
avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 964
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1797
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Clébio em Qua 07 Out 2015, 14:05

Devaney escreveu:Acho que não nos cabe querer dizer que Deus foi incoerente, mas sim que Ele foi é complacente, paciente e misericordioso.

Tal como ainda é conosco... pois nós, diferente de Davi, sabemos quem é Jesus, recebemos o Espírito Santo, vimos milagres de Deus nos nossos dias... muito será cobrado de nós, mais do que daqueles homens do passado.

Sob certo ponto de vista, nós, cristãos "meia-boca" de hoje, somos piores do que Davi, que adulterou e matou.

Isso é a mais pura verdade...

Clébio
avatar
Betho
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Holístico!
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1066
Idade : 44
Cidade/Estado : BRAZIL
Religião : Tg 1;27
Igreja : Mt 18;20
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 33
Pontos de participação : 2763
Data de inscrição : 25/04/2015

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Betho em Qua 07 Out 2015, 16:48

O argumento que postei anteriormente, completo, é este:
.
"O primeiro erro de Davi foi estar passeando no terraço, observando as esposas do seu exército em batalha. O segundo erro de Davi foi ter desprezado quando foi chamado a atenção quanto a interpretação espiritual dos seu servo "Porventura não é esta Bate-Seba, filha de Eliã, mulher de Urias, o heteu?" Em termos atuais é assim: "Rei Davi, por mais que não queira aceitar, devido ele não ser judeu, o seu próximo, ela é de fato uma mulher casada!" Pois não era costume citar como genealogia o Esposo. O terceiro erro de Davi, foi dissimular com aquela que tinha o Guet de Urias. O quarto erro de Davi foi ter subjugado a fidelidade de um não judeu, aquele que não tinha genealogia judaica, entrou na de Jesus.  O Salmos 116 é perfeito quando visualizado com a vida de Urias.

Conteúdo patrocinado

Re: Leis de expiação de pecado e de culpa" serviam também aos adúlteros como Davi?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qui 17 Ago 2017, 20:05